Cena do aeroporto em Capitão América: Guerra Civil é 100% digital

Por Redação | 20 de Maio de 2016 às 11h18

Não restam dúvidas de que a cena do aeroporto de Capitão América: Guerra Civil é um marco nos filmes de herói. Não apenas para o filme, mas para o gênero em si. O momento em que as equipes do Homem de Ferro e do Capitão América se encontram e se enfrentam é algo que parece ter sido retirado mesmo de uma história em quadrinhos e o modo como tudo é apresentado é tão plástico e impactante que é fácil imaginar isso sendo apresentado em uma belíssima página dupla. Porém, por mais realista que tudo pareça, nada daquilo aconteceu de verdade.

Boa parte dessa cena é composta inteiramente por efeitos especiais. É claro que alguns são evidentes, como os personagens que voam, o Homem-Aranha que se pendura por todos os cantos e o Homem-Formiga do tamanho de um prédio. Porém, o trabalho da Light & Magic na hora de compor tudo isso é tão bem feito que muitos elementos que não existem nos parecem tão reais que acabamos sendo enganados.

E o maior exemplo disso é o cenário propriamente dito. Em entrevista ao site The Verge, o supervisor de efeitos visuais do estúdio, Russell Earl, conta que todo o aeroporto foi inserido digitalmente no filme e que tudo ali é uma grande tela verde. Além disso, os próprios personagens que aparecem também foram inseridos na pós-produção. De acordo com ele, o Gigante, Pantera Negra e Homem-Aranha são inteiramente feitos de CGI, assim como o Homem de Ferro, Máquina de Combate e o Visão.

Capitão América: Guerra Civil

Dentro desse enorme painel verde, as únicas pessoas de verdade em cena são os “humanos”. Capitão América, Soldado Invernal e Viúva Negra são um dos poucos elementos práticos dessa cena. E, ainda assim, é impressionante como o confronto entre esses heróis, reais ou não, é bem coreografado e montado.

Isso tudo cria uma situação bastante curiosa. Os irmãos Joe e Anthony Russo, responsáveis pela direção de Guerra Civil, realmente foram a um aeroporto alemão para gravar algumas cenas e alguns membros do elenco participaram dessas filmagens. Porém, o grosso das duas equipes dos Vingadores ficou nos Estados Unidos, em Atlanta, gravando dentro de um estúdio.

Construindo o confronto

Além de filmar no aeroporto do Leipzig, na Alemanha, a equipe de produção de Capitão América: Guerra Civil tirou milhares de fotos do lugar e utilizou scanners especiais para conseguir mapear o local de maneira mais realista possível. Esse trabalho todo foi feito para que, quando o ambiente fosse recriado digitalmente, não gerasse distorções. E o mesmo foi feito com os objetos que aparecem em cena.

Homem-Aranha

Já na parte dos atores, o engraçado foi o que aconteceu com o Homem-Aranha, uma vez que eles colocaram alguém apenas para ocupar o papel do herói nas gravações uma vez que o ator Tom Holland ainda não havia sido contratado. Assim, colocaram um praticante de Parkour e, mais tarde, inseriram o jovem Peter Parker digitalmente.

O mesmo aconteceu com o Pantera Negra. E aqui cabe uma curiosidade: eles diminuíram um pouco a cabeça de T’Challa para que ele não ficasse exageradamente cabeçudo quando utilizasse o capacete.

Via: The Verge

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!