iFood permitirá que você "atue" como entregador no game GTA V

iFood permitirá que você "atue" como entregador no game GTA V

Por Rui Maciel | 22 de Setembro de 2021 às 14h00
Divulgação / iFood

O iFood anunciou nesta quarta-feira (22) a sua estreia no mundo dos games. A foodtech marca presença com a construção de experiência inédita no Cidade Alta — principal servidor de Grand Theft Auto V da América Latina. Em uma cidade fictícia, o gamer cria e vive o personagem que quiser. A ação acontecerá durante os próximos seis meses, com outros eventos programados.

Uma vez no servidor, o jogador poderá viver a experiência de ser entregador iFood no game, em que cada entrega é uma missão que rende dinheiro (virtual — para ser usado dentro do jogo), reputação e até cupons de desconto. Assim como na vida real, o jogador poderá escolher o veículo (eBike elétrica, moto ou carro) e a modalidade de preferência como, por exemplo, a possibilidade de receber o delivery do Avalanches, famoso restaurante virtual, ou do Altamart, o mais novo mercado para compras de diversos itens da cidade.

Fenômeno entre streamers, o Cidade Alta tem como diferencial a sua dinâmica: nesse servidor, tudo é criado pela comunidade e ocorre como na vida real, com o jogador tendo que lidar com questões de trabalho, família e relacionamentos. Essa modalidade de GTA V é diferente do tradicional, em que o jogador tem que cometer delitos para ter sucesso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Usuários poderão jogar como entregadores do iFood no servidor Cidade Alta de GTA V (Divulgação / iFood)


O desenvolvimento de todo esse metaverso ficou a cargo da Outplay, proprietária do servidor. “Produzimos o universo iFood do zero para que a experiência dos jogadores e do público possa ser diferente de tudo o que já foi feito dentro do mundo dos games", explica Paulo Benetti, CEO da Outplay. "E é isso que o Cidade Alta busca, equalizar as experiências da vida real e aproximar as pessoas à experiências inéditas nos jogos e nos conteúdos stream”.

A iniciativa do iFood tem ainda a participação das agências Suno e Druid — especializadas em ações Business 2 Gamer ou B2G. Para a parte de mobilidade, o projeto conta com o apoio da Tembici, startup de mobilidade que realiza o aluguel de bicicletas. Para o lançamento da ação, a foodtech convidou streamers famosos para viver a experiência da marca no Cidade Alta. Ela acontece ainda nesta quarta-feira, a partir das 20h. A programação completa pode ser visualizada no Instagram e no Twitter da empresa.

E para explicar melhor como a ação da foodtech funcionará dentro do Cidade Alta, o Canaltech conversou com Pedro Tozzini, Especialista em Branding Ativação do iFood. Confira abaixo como foi o papo:


Canaltech - Ao entrar no servidor do Cidade Alta, como o jogador assume o papel de um entregador do iFood para cumprir as missões?

Pedro Tozzini: Existem duas formas de fazer entregas do iFood: ficando ativo no app iFood para Entregadores, disponível a partir de hoje nos smartphones de todos jogadores do servidor, ou procurando os Pontos de Apoio ao Entregador e que estão espalhados pelo mapa.

CT - Que tipos de desafios o entregador terá pela frente para conseguir seus objetivos no jogo?

P.T.: As experiências e os desafios são muito similares ao dia a dia de um entregador da vida real. Respeitar as leis de trânsito e utilizar equipamentos de segurança são princípios básicos.

O bom atendimento na hora da entrega também é um diferencial, afinal, assim como fora do jogo, o entregador é avaliado pelo usuário. No jogo, uma boa entrega ajuda na reputação e na conquista de recompensas.

Aqui também trazemos um ponto importante: nosso metaverso constrói mais que uma boa experiência no game. A ideia é fortalecer a onda de crescimento de empatia que foi criada com a categoria, principalmente após o cenário pandêmico que vivemos. Ficou claro para todos que o entregador é muito importante e viver o seu dia a dia, por mais que seja no game, transforma a relação.

CT - Quanto tempo foi necessário para implementar, bem como customizar os personagens com a marca iFood?

P.T.: Foram três meses entre tirar a ideia do papel e implementar. O nosso grande desafio foi construir o metaverso e levar a experiência ao máximo do que é o iFood em uma nova cidade e do que seria ele em um jogo RP. Foi um projeto feito a várias mãos e junto com a comunidade gamer.

No total, foram mais de 150 pessoas envolvidas ao longo do processo para garantir que a experiência seja legal para quem está jogando, mas também para quem está assistindo.

Usuários poderão acessar cupons de desconto dentro do Cidade Alta para usar na vida real (Divulgação / iFood)

CT - Além do papel de entregador, a marca iFood aparecerá também em outros momentos do jogo?

P.T.: Estamos levando todo o ecossistema do iFood para o jogo, então consumidores, entregadores, restaurantes e mercados do Cidade Alta agora podem contar conosco. Todo jogador também pode interagir com a jornada no app, seja por meio do pedido via delivery do Avalanches ou também descobrir um novo jeito de fazer mercado, e fazer suas compras no Altamart.

CT - Os cupons de desconto conquistados no jogo poderão ser usados na vida real, correto? Como o usuário acessará esse benefício?

P.T.: A gente sabe que a galera ama nossos cupons de desconto e ama pedir um iFood para jogar ou assistir uma stream. Por isso espalhamos os cupons pelo jogo de diferentes formas e que poderão ser usados na vida real. Para quem está jogando, basta procurar um dos vários outdoors espalhados pela cidade e escanear o código; já para quem está assistindo, os cupons podem ser vistos na tela fixada acima do mapa enquanto o jogador faz entregas.

CT - O iFood tem planos para outras ações no mundo dos games no futuro?

P.T.: O mundo dos games é gigante e diverso, e acreditamos muito no poder que ele tem para contar histórias e estabelecer conexões. O iFood é uma marca icônica e amada por essa galera, então, claro, nos próximos meses teremos muitas novidades para surpreender esse público.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.