Zoom lança serviço de assinatura em hardwares

Por Rui Maciel | 08 de Julho de 2020 às 11h55
Divulgação

O Zoom anunciou na última terça-feira (07) o lançamento do Zoom Hardware as a Service (ou Zoom HaaS). Ele funcionará como uma espécie de serviço de assinatura de hardwares para empresas e estão customizados para a plataforma de videoconferências.  

Inicialmente, o serviço de assinatura funcionará apenas para empresas nos EUA e fornecerá soluções de hardware Zoom Phone e Zoom Rooms, a um preço mensal fixo. Os dispositivos são fabricados por empresas como DTen, Neat, Poly e Yealink.

Entre os benefícios destacados pela Zoom para o Zoom HaaS, estão:

Baixo custo inicial e orçamentos previsíveis: as empresas assinantes poderão utilizar o Zoom HaaS com o hardware necessário, sem o grande investimento inicial. Dessa forma, elas poderão aplicar seu orçamento para outros projetos de TI;

Compra simplificada: a versão paga do Zoom e os dispositivos Zoom HaaS são incluídos em uma única fatura para compras simples de ponta a ponta;

Escalabilidade: o serviço permite que as empresas implemente mais hardwares na assinatura à medida que elas crescem, todos devidamente customizads para usar com o Zoom Phone e Zoom Rooms;

Opções de suporte gerenciado: o Zoom afirma que todas as soluções Zoom HaaS serão suportadas por sua plataforma de videoconferências. As equipes de TI também terão a opção de poder adicionar serviços customizados e gerenciados para instalação e administração completa de ponta a ponta. A Zoom expandirá sua implementação do Gerenciamento de Atendimento ao Cliente da ServiceNow para fornecer suporte às empresas interessadas.

"Parcerias de hardware são uma parte essencial do ecossistema do Zoom", afirmou Velchamy Sankarlingam, Presidente de Produto e Engenharia da Zoom. “Com muitas pessoas lidando globalmente com os desafios dessa época de quarentena, o acesso fácil ao hardware é fundamental para escritórios, ensino a distância, telessaúde e muito mais. O Zoom HaaS ajudará os usuários a se adaptarem a novos ambientes de trabalho de qualquer lugar, facilitando mais do que nunca o acesso ao hardware mais recente e melhor para o uso do Zoom Rooms e Zoom Phone". 

"O hardware como serviço é um divisor de águas que aborda os principais desafios de TI, de custos iniciais pesados na aquisição de hardware, implementações complexas, alta demanda de suporte e gerenciamento complicado do ciclo de vida do dispositivo", diz Roopam Jain, diretor do setor de comunicações unificadas e colaboração da consultoria Frost and Sullivan. "Serviços como o Zoom HaaS permitem implantações de ponta a ponta flexíveis e econômicas baseadas em OPEX, que protegem os investimentos em tecnologia no futuro, permitindo que os usuários de negócios aproveitem as comunicações de ponta".

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.