Xiaomi ingressa no mercado de monitores com dois modelos a preços competitivos

Por Rafael Arbulu | 21 de Outubro de 2019 às 12h35
(Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

É oficial: a Xiaomi revelou na última sexta-feira (18) o lançamento de dois modelos de monitores, oficialmente ingressando ao mercado de displays. As vendas dos aparelhos começam hoje (21), a preços bem competitivos — algo pelo qual a Xiaomi tornou-se conhecida no mundo.

O primeiro modelo — e também o mais simples — traz 23,8 polegadas e resolução Full HD, com uma entrada HDMI e o encaixe do cabo de força na traseira. A tela IPS de 1080p de resolução conta com suporte cilíndrico e variação de angulação de até 178 graus. Ele vai ser chamado apenas de “Mi Display”

O Xiaomi Mi Display, com 23,8 polegadas (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Já o segundo é mais direcionado ao público gamer: com o nome de “Mi Surface Display”, o monitor traz notáveis 34 polegadas em uma tela curva, quadro de 21:9, resolução de 3440 x 1440 e uma taxa de renovação de quadros de 144Hz. O modelo trará um suporte com ajuste de ângulo e altura, além de contar com a tecnologia AMD Freesync e gamut de cores sRGB de 121%. Na traseira, ele tem duas entradas HDMI 2.0 e uma saída de áudio.

O Mi Surface Display, com 34 polegadas (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Os lançamentos, por ora, não contemplam o Brasil. A equipe do Canaltech entrou em contato com a assessoria de imprensa da Xiaomi no país para saber se há alguma previsão de quando os dispositivos podem chegar por aqui, além de obtermos alguma estimativa de preço. Até o fechamento desta nota, no entanto, não obtivemos resposta. Atualizaremos assim que a empresa se manifestar.

O Mi Display será vendido por US$ 99, o que se converte para R$ 409,75, segundo a cotação de hoje. Já o monitor gamer Mi Surface Display sai por US$ 352, ou R$ 1.456,89. Vale citar, os preços acima não consideram tarifas de importação, então na eventualidade dos modelos aparecerem no varejo nacional, os valores podem ser diferentes.

Fonte: GizChina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.