Review Monitor Acer KA272 | Para quem procura apenas tela grande

Review Monitor Acer KA272 | Para quem procura apenas tela grande

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 12 de Setembro de 2021 às 12h10
Ivo/Canaltech

Quando se pensa em atualizar o ambiente de trabalho home office, um dos principais upgrades a se considerar é o monitor. Ele precisa ter tamanho suficiente para uma boa multitarefa, design agradável e, principalmente, boa qualidade de imagem. Com esses requisitos, uma das opções à venda no Brasil é o KA272, da Acer.

O monitor da Acer é bem básico — portanto não espere um desempenho surpreendente em jogos — e oferece painel VA de 75 Hz, 27 polegadas com resolução Full HD e alguns recursos de visualização interessantes para quem busca trabalhar ou consumir conteúdos de mídia com qualidade.

Tive a oportunidade de trabalhar com o Acer KA272 por alguns dias e conto, nos próximos parágrafos, minhas impressões sobre o monitor.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Antes de começarmos, aviso sempre que, caso você se interesse pelo monitor Acer KA272 ao final desta análise, deixaremos links de compra confiáveis para você adquiri-lo. Vamos nessa?

Prós

  • Design simples e agradável;
  • Tela boa para funções básicas.

Contras

  • Apenas uma entrada HDMI;
  • Envia um cabo VGA na caixa em vez de HDMI.

Confira o preço atual do Acer KA272

Construção e design

Comecemos pelo design. O Acer KA272 é bastante simples e aposta no plástico como material predominante. O modelo que testamos veio na cor preta com uma textura lisa e levemente fosca na parte traseira, passando uma impressão elegante, embora ainda básica.

Se o visual traseiro não chama muita atenção, a parte da frente “equilibra” as coisas. Apesar de barato, o KA272 conta com bordas bem finas, característica batizada pela Acer de ZeroFrame. A fabricante explica que esse design oferece uma “maior imersão nas imagens”, mas também é ideal para usar dois ou mais monitores lado a lado.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Os botões e o analógico para navegação ficam localizados na região traseira à direita. A interface é muito básica e permite ajustar apenas as cores da tela, configurar taxa de atualização, controlar o FreeSync e selecionar uma das saídas de vídeo.

Vale mencionar que o modelo que testamos, chamado de KA72 Abi, não conta com alto-falantes embutidos nem entrada para fone de ouvido, mas existe um monitor da linha de codinome UM.HX2EE.A13 com configurações de som mais completas — no entanto, eu não o encontrei à venda no Brasil.

Com relação ao suporte, temos uma peça de plástico que segue os tons do monitor e não ocupa muito espaço na mesa. Infelizmente, a base não permite ajustar a altura, a rotação nem girar nas duas direções — pelo menos, é possível regular a inclinação do monitor.

Apesar de grande, o monitor Acer KA27A é leve, e sua base não ocupa muito espaço na mesa. O visual traseiro não ganha pontos por beleza, mas acaba agradando pela simplicidade.

Conectividade

O principal ponto negativo do Acer KA272 são as opções de portas e conexões. O monitor tem apenas uma entrada HDMI 1.4 e outra VGA, esta última sendo um padrão já considerado ultrapassado. O mais intrigante é que a Acer envia somente um cabo VGA na caixa do produto em vez de um HDMI, mais atual e compatível com mais eletrônicos.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Apesar do padrão VGA ainda ser usado por algumas placas de vídeo mais antigas, a porta HDMI é mais atual, melhor e mais comum entre notebooks e produtos mais recentes. Portanto, eu esperava, pelo menos, um cabo HDMI na caixa.

Ou seja, caso você esteja pensando em comprar o KA272, esteja ciente que também será necessário adquirir um cabo HDMI à parte. Durante os testes, usei um dos cabos HDMI reservas para conectar o monitor ao meu computador e não tive nenhum problema na transmissão em tarefas mais básicas, como navegação na interne e visualização de planilhas.

Tela

O Acer KA272 tem uma tela de 27 polegadas ótima para trabalho e entretenimento. O painel do tipo VA oferece níveis de contraste bem interessantes, como pude perceber nos testes realizados no site Lagom LCD — na imagem abaixo, pude distinguir quase todas as etapas aproximadamente iguais no brilho em toda a faixa de 1 a 32 em quase todas as cores, com exceção dos níveis mais escuros de verde e azul, que ficaram totalmente pretos.

Você pode fazer o teste de contraste no monitor da sua casa (Imagem: Reprodução/Lagom LCD)

As cores também são agradáveis para a categoria, embora já seja possível enxergar os pixels na tela devido à resolução Full HD (1.920 por 1.080 pixels) numa tela de 27 polegadas. Textos e ícones ficam mais serrilhados e a perda de definição se torna mais visível dependendo da distância que o usuário está da tela — nos meus testes, fiquei a cerca de um metro do monitor.

Na prática, no entanto, quem for menos exigente e desempenha apenas tarefas mais básicas não deve se incomodar: temos uma exibição muito confortável durante longos períodos, cortesia das tecnologias proprietárias Acer BluelightShield e Acer ComfyView — que reduzem a emissão de luz azul da tela, um suposto grande vilão do sono —, e qualidade de imagem agradável.

O monitor da Acer deve agradar usuários menos exigentes que procuram apenas o básico, como navegação na web, mídias e jogos ocasionalmente. Em jogos, o KA272 não tem um bom desempenho, principalmente em títulos mais frenéticos.

No dia a dia, editei vídeos, trabalhei com duas abas lado a lado e assisti a muitos vídeos no YouTube sem reparar muitos problemas.

Em jogos, um detalhe que me incomodou nos primeiros dias foi um leve efeito fantasma ao girar a câmera rapidamente em jogos, algo já esperado devido ao limite de 75 Hz de taxa de atualização. Mexi nas configurações do monitor para encontrar uma solução e havia uma opção chamada “taxa de reação” com três ajustes: desativado, normal e extremo.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Ao regular a taxa de reação para extremo o efeito nos jogos ficou ainda pior, portanto deixei desligado e o problema foi reduzido, mas não solucionado. Pelo menos, o monitor traz uma tecnologia interessante chamada Gameview, a qual permite fazer ajustes finos nas cores, configurar níveis avançados de contraste para cenários mais escuros ou até um clock na taxa de atualização do monitor.

Concorrentes diretos

Monitores projetados para home office são muito comuns no mercado brasileiro, portanto encontrar o mais agradável para você não é uma tarefa fácil. Entre os concorrentes do Acer KA272 posso citar os modelos LG 22MK400H e Dell S2421HN.

Já tive a oportunidade usar esses dois monitores de marcas rivais e posso afirmar que eles são melhores que a opção a Acer em qualidade de imagem, já que distribuem melhor os pixels numa tela menor, design, construção e quantidade de portas.

Dos três, o monitor da Dell é o mais bonito, contando com um acabamento preteado mais elegante e um organizador de cabos interessante. As duas entradas HDMI também se destacam por permitir que você alterne facilmente entre console de jogos e streaming.

(Imagem: Divulgação/Dell)

Já o LG 22MK400H pode ser encontrado por menos de R$ 1 mil e também entrega resolução Full HD, 75 Hz de taxa de atualização, 14 perfis de imagem e o já conhecido painel IPS LCD da sul-coreana.

Conclusão

O Acer KA272 é um monitor interessante se o seu objetivo for trabalhar com multitarefas e consumir conteúdos de mídia ocasionalmente. A tela de 27 polegadas com resolução Full HD é o principal destaque, oferecendo bons níveis de contraste e cores agradáveis.

Entretanto, em meio a tantas opções na faixa de preço entre R$ 1,3 mil e R$ 1,5 mil, o monitor da Acer acaba se perdendo. Concorrentes como os citados acima podem ser encontrados por valores mais em conta e possuem uma qualidade de tela superior, construção mais interessante, conexões mais atuais e também serve para quem procura jogar títulos menos competitivos.

E aí, gostou do Acer KA272? Confira no link abaixo uma oferta especial que preparamos para você!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.