Por não ter números, Apple Card é mais seguro que outros cartões, diz Mastercard

Por Natalie Rosa | 21 de Agosto de 2019 às 10h55
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Anunciado em março deste ano e lançado oficialmente neste mês de agosto, o Apple Card é uma das grandes apostas da Apple para este ano. Nesta terça-feira (20), a Maçã anunciou que qualquer usuário dos Estados Unidos pode solicitar ser cliente do cartão de crédito e que a novidade ainda possui um programa de "cashback" em serviços como o Uber.

Neste mesmo dia, o presidente da Mastercard na América do Norte contou em entrevista ao CNBC que o novo cartão de crédito da Apple, que não possui o número de 16 dígitos, está trazendo ainda mais segurança aos usuários e clientes. O executivo recomenda que o cartão, que conta com parceria da Mastercard e da Goldman Sachs, não seja passado em máquinas na sua forma física.

Imagem: Reprodução/Apple

Vosburg explica que o Apple Card é mais seguro que os cartões tradicionais porque no aplicativo Wallet, nativo da companhia, um número de uso único é utilizado na transação.

"Fazemos a representação digital daquele número de 16 dígitos e o transformamos em um código que somente nós (Mastercard) e a Goldman Sachs podem reconhecer. Sabemos que ele deve ser usado com esse dispositivo da Apple e, se aparecer em outro lugar, sabemos que ele foi comprometido e podemos destrui-lo", conta o executivo.

Somente usuários de iPhone podem utilizar o Apple Card, que acaba sendo vinculado com a conta pessoal de cada usuário, e as transações podem ser feitas via Apple Pay.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.