Ponte na Holanda vai construir a si mesma usando impressoras 3D

Por Redação | 22 de Junho de 2015 às 09h29
photo_camera Divulgação

Que as impressoras 3D têm se mostrado equipamentos poderosos, isso todo mundo já sabe. De casas, carros e até pizza, essas máquinas prometem ajudar na fabricação de diversos objetos. Mas uma empresa promete ir além com o anúncio de um projeto curioso: fazer com que uma ponte construa a si mesma usando uma impressora de terceira dimensão.

A ideia é do designer holandês Joris Laarman, da companhia MX3D, e a iniciativa acontecerá em um canal de Amsterdã. Funcionará da seguinte maneira: dois braços robóticos de longo alcance e seis eixos serão posicionados cada um em uma extremidade da ponte. A partir daí cada braço vai construir suas próprias estruturas, incluindo a fundação e o acabamento.

Os braços poderão se deslocar no ar graças a um sistema de trilhos que também será modelado conforme o avanço da construção e permitirá que os robôs se movam através do canal. O material usado na produção da ponte é o metal, que é elevado a uma temperatura de 1,5 mil ºC com o objetivo de soldar e montar a estrutura da ponte.

"O princípio de base é muito simples: nós conectamos uma máquina de solda avançada a um braço de robô industrial. Usamos um programa inteligente para operar as máquinas para que elas possam imprimir formas metálicas muito complexas, que podem ser diferentes a cada vez", explicou Laarman. Esta será a primeira vez que um objeto de metal será erguido por uma impressora 3D em um ambiente aberto. Até então, a impressão com metal foi conduzida apenas em laboratório.

A ponte será feita em parceria com a Autodesk e com a companhia de construção holandesa Heijmans. "Acredito firmemente no futuro da produção digital e local. Essa ponte irá mostrar que a impressão 3D entra finalmente no mundo dos objetos grandes, funcionais e de larga escala, permitindo uma liberdade de forma sem precedentes", disse o designer.

De acordo com Laarman, a expectativa é que a técnica dos robôs permita abrir mão dos andaimes, já que os braços utilizam a estrutura que eles mesmos imprimem como apoio. Além disso, o designer espera que a ponte funcione como uma alavanca para a tecnologia, que pode ser usada em inúmeros projetos de construção, tanto em locais menores quanto em prédios mais altos.

A ponte deve começar a ser erguida em setembro e ficar pronta em meados de 2017. Veja abaixo o vídeo que simula como os braços robóticos irão construir a ponte:

Fontes: Fast Company, Digital Trends

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!