O que é benchmark?

Por Redação

Benchmark, no universo da computação, é a ação de comparar performance e desempenho relativo de um objeto ou produto por meio da execução de um programa de computador. Para conseguir dados corretos sobre os diferentes produtos e objetos, com a finalidade de compará-los de maneira equivalente, uma série de testes padrões e ensaios são realizados.

Em essência, o termo benchmark utilizado na computação tem o mesmo significado do benchmark utilizado no mundo corporativo, por exemplo, já que visa a comparação de mecanismos, processos, objetos e resultados. Geralmente, na computação, o termo "benchmarking" é associado com avaliação de características de desempenho de um hardware, mas também pode ser aplicado a software, desde que se leve em consideração dados apenas técnicos.

Com o avanço tecnológico e as diferentes maneiras que as empresas encontraram para desenvolver a arquitetura de seus computadores e objetos, ficou mais desafiador comparar a performance de sistemas diferentes de computação apenas observando suas especificações. Para resolver esse problema, testes padrões foram desenvolvidos para serem realizados em sistemas distintos, permitindo assim a comparação dos resultados mesmo que os produtos envolvidos tenham arquiteturas diferentes.

Os benchmarks sintéticos utilizam programas que estimulam nos componentes e objetos testados um certo tipo de comportamento desejado. Já os benchmarks de aplicação fazem a execução de programas do "mundo real" no sistema.

É possível que qualquer usuário realize o processo de benchmark em seu computador, no entanto, é válido ressaltar que alguns programas existentes podem causar danos à sua máquina. Visto que esses softwares de benchmark realizam testes para tirar o máximo dos componentes existentes no seu computador, é importante estar atento a não utilizar o PC durante o processo e de maneira alguma executar um programa mais pesado quando os testes estiverem sendo executados. É aconselhável manter apenas poucos programas em execução, somente os necessários.

No design de microprocessadores semicondutores, os processos de benchmark são consideravelmente importantes. Eles fornecem aos arquitetos de processadores a habilidade de analisar e realizar modificações microarquiteturais.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.