Review LG Ultragear 24GL600F | Monitor básico para jogadores casuais

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 17 de Novembro de 2021 às 10h30
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

O LG Ultragear 24GL600F é um dos monitores 144 Hz mais baratos que temos atualmente no Brasil. Custando entre R$ 1.200 e R$ 1.300, o monitor conta com tela Full HD de 23,6 polegadas, 1 ms de tempo de resposta, alta taxa de atualização, suporte à tecnologia AMD Radeon FreeSync e visual mais arrojado.

Nos últimos dias joguei e trabalhei bastante com o monitor 144 Hz da LG. Será que ele oferece algo a mais em relação às de opções equivalentes de Samsung, AOC, Acer e ASUS? Conto tudo nos próximos parágrafos.

Como sempre lembro, caso você se interesse pelo LG Ultragear 24GL600F ao final desta análise, deixaremos links de compra confiáveis para você aproveitar! Vamos nessa?

Prós

  • Qualidade de imagem agradável para a categoria
  • Boa aparência, principalmente no suporte

Contras

  • Não oferece possibilidade de ajuste de altura e rotação
  • Bordas ao redor da tela são gigantes
  • Imagens pouco distorcidas em diferentes ângulos de visão
  • Processo de montagem é mais difícil que em outros modelos

Construção e design

O monitor gamer da LG tem um visual bastante arrojado considerando a sua faixa de preço. Ele é bem leve e fino, apresentando apenas um círculo protuberante na traseira que arranja as conexões e os furinhos de saída de ar. Também gostei do posicionamento das portas HDMI e DisplayPort na parte de trás, pois facilita a visualização das entradas e a conexão — mesmo que, em consequência, não tenhamos um compartimento para organizar os cabos.

Parte traseira do Ultragear não tem organizador de cabos, mas visual é bonito (Imagem: Ivo/Canaltech)

Apesar da aparência muito bonita, é visível onde a LG teve que “economizar” para reduzir o custo final do produto. Por exemplo, as bordas ao redor da tela são muito espessas, semelhantes às presentes nos monitores de cinco anos atrás; também não gostei do processo de montagem do monitor, já que é preciso usar uma chave pPhilips para parafusá-lo no suporte — muitos monitores mais atuais já incluem uma solução de encaixe mais prática.

Outro ponto negativo do monitor da LG é a base e o suporte extremamente básico e sem possibilidade de ajustar a altura e a rotação, somente a inclinação — durante os testes, senti muito essa falta de ajuste porque, como sou alto, a tela não ficou alinhada com meus olhos, basicamente me obrigando a colocar um livro embaixo da base. Pelo menos, ele conta com furação tipo VESA para pendurá-lo na parede.

O processo de montagem do Ultragear necessita de chave Philips, algo que nos concorrentes não é preciso (Imagem: Ivo/Canaltech)

Portas e conexões

Com relação à conectividade, o Ultragear 24GL600F oferece somente o básico: duas portas HDMI, uma DisplayPort 1.2 e uma saída de fone de ouvido. A LG envia na caixa somente um cabo HDMI, o que já é suficiente para rodar conteúdos em Full HD a 144 Hz, mas seria um bom diferencial se também houvesse um cabo DisplayPort por aqui.

Vale mencionar que o modelo recebido para testes não veio com alto-falantes embutidos, o que é uma pena, pois ele conta com furinhos na parte de trás muito semelhantes a saídas de som. Pelo menos, temos uma entrada para fones de ouvido, e é possível controlar o volume pelo joystick do monitor.

"O visual do LG Ultragear 24GL600F é interessante, mas a construção foi uma das mais partes que mais sofreram cortes. Por aqui não há, por exemplo, possibilidade de ajuste de altura e rotação, nem organizador de cabos. As bordas ao redor da tela também são muito espessas."

— Diego Sousa

Qualidade de imagem

O Ultragear 24GL600F da LG é equipado com um painel LCD do tipo TN de 23,6 polegadas, resolução Full HD (1.920 por 1.080 pixels) e proporção padrão de 16:9. A tecnologia TN é a mesma presente no Dell Dell S2421HGF, monitor gamer barato da Dell, e mais simples em termos de qualidade quando comparada com as soluções IPS e VA.

Um dos principais pontos negativos dessa tecnologia é a distorção das cores conforme o ângulo de visão — no Dell S2421HGF, por exemplo, notei que as imagens apresentaram cores bastante lavadas, tons de preto cinza e brancos amarelados, somente quando foram vistas de qualquer outro ângulo sem ser o frontal. No Ultragear 24GL600F esse problema também aconteceu, mas, surpreendentemente, com menos intensidade em relação ao rival.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Mesmo sendo um monitor gamer mais barato, por aqui as cores não ficam tão distorcidas em outros ângulos, e as cores mais escuras se mantêm fiéis. O brilho máximo de 300 nits, por sua vez, é aceitável para a categoria.

Nos meus testes de contraste e nível de preto, realizados no site Lagom LCD e com as configurações padrão, notei que o produto da LG obteve resultados semelhantes aos do Dell S2421HGF, separando muito bem as variações mais brilhantes e escuras da imagem, além das tonalidades de preto, embora somente quando vistas de frente.

Na prática, temos um painel bem satisfatório pelo preço, embora seja inferior ao que encontrei no Samsung Odyssey G3 e no AOC HERO 27G2. Essa ligeira diferença de qualidade pode ser justificada pelo preço médio um pouco mais elevado.

Com relação aos recursos gamer, o monitor tem 144 Hz e suporte ao AMD Radeon FreeSync, que reduz o corte e as repetições de imagens que ocorrem devido à diferença entre os quadros gráficos e a taxa de atualização do monitor — essa tecnologia funciona somente se você tiver uma GPU da AMD, portanto eu não consegui testá-la na minha placa de vídeo da Nvidia.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Outra funcionalidade importante para quem gosta de jogar é o baixo tempo de resposta, que minimiza o borrão que geralmente ocorre em conteúdos com movimento rápido. O monitor da LG tem 1 milissegundo (ms), mas, nas configurações, exibe duas opções que, teoricamente, fazem a mesma coisa e acabam confundindo: a “1 ms Motion Blur Reduction”, a qual você pode apenas ligar ou desligar; e o “tempo de resposta”, podendo definir como “Mais rápido”, “Rápido”, “Normal” ou “Desligado”.

Eu joguei com a "1 ms Motion Blue Reduction" ligada e notei uma grande piora na qualidade da imagem, principalmente no brilho máximo — em Dead By Daylight, por exemplo, um jogo escuro por padrão, foi quase impossível visualizar o cenário. No tempo de resposta, por outro lado, na opção “Mais rápido” não percebi uma diferença significativa em relação à “Normal”.

"A qualidade de imagem do LG Ultragear 24GL600F é boa para a categoria na faixa de R$ 1.000, mas fica abaixo de outros modelos um pouco mais caros, como o AOC HERO 24G2. A tecnologia TN oferece boas cores apenas quando vistas de frente, pois sofre com diferentes ângulos de visão."

— Diego Sousa

Concorrentes diretos

Entre os principais concorrentes do Ultragear 24GL600F, temos o AOC HERO 24G2, o Samsung Odyssey CRG50 e o ASUS Gaming VP249QGR.

Todos esses modelos podem ser encontrados por menos de R$ 1.500 e entregam taxa de atualização de 144 Hz, mas considero o monitor da AOC mais completo por trazer mais diferenciais para o público gamer, como a construção mais robusta e prática, o painel IPS LCD e a qualidade de imagem muito agradável, apesar de precisar fazer uma calibração antes.

Monitor da AOC tem mais atributos interessantes para os gamers (Imagem: Ivo/Canaltech)

O monitor da ASUS, por sua vez, se destaca pelo painel IPS LCD, melhor que o TN do Ultragear 24GL600F, além da maior variedade de portas, incluindo uma entrada D-sub. Outra vantagem do ASUS Gaming VP249QGR é a borda mais fina, passando uma sensação de produto mais atual, mesmo que ele não apresente uma construção tão robusta.

Com relação ao Odyssey CRG50 da Samsung, a tela curva é o principal destaque, prometendo maior imersão na jogatina em relação aos painéis tradicionais. A tecnologia do monitor da Samsung é VA, também superior ao TN do Ultragear 24GL600F, mas seu brilho máximo é inferior, sem contar com o tempo de resposta de 4 ms, contra 1 ms do produto da LG — quanto menor o número, mais rápido o monitor é em registrar um comando.

Conclusão

O LG Ultragear 24GL600F é um monitor 144 Hz básico que poderia inaugurar uma categoria na faixa de R$ 1.000, algo ainda inexistente no nosso mercado. Isso porque ele tem uma qualidade de imagem agradável, aparência interessante e portas essenciais para um bom funcionamento, embora nada que se destaque em relação a outros modelos.

Entretanto, na sua faixa de preço atual, geralmente custando entre R$ 1.200 e R$ 1.300, fica difícil recomendá-lo quando já temos modelos melhores, que entregam construção mais robusta, imagens mais agradáveis e recursos gamer que agregam — o AOC HERO 24G2 é um grande exemplo disso.

O único cenário em que eu recomendaria o LG Ultragear 24GL600F seria custando menos de R$ 1.100, o que pode ser uma realidade em algum período de promoções, como a Black Friday. Você não terá um produto excelente, porém condizente com o preço pago.

E aí, curtiu o LG Ultragear 24GL600F? Se sim, recomendo ficar de olho no Canaltech Ofertas, pois selecionamos as melhores ofertas em diversas categorias, com preços que realmente compensam!