Review JBL Wave 100 TWS | O fone de ouvido Bluetooth bom e barato

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 09 de Dezembro de 2021 às 17h11
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

A chegada do JBL Wave 100 TWS ao portfólio de fones de ouvido Bluetooth da marca só mostra o quanto ela está empenhada em disponibilizar alternativas atrativas em qualidade de som e preço.

Esse modelo pertencente à linha lançada em 2021, e traz como grandes promessas os graves mais fortes — característica da marca que se perdeu em alguns dispositivos TWS — e boa autonomia de bateria.

Além disso, o design arrojado demonstra que a empresa está focada em fazer o produto ter um aspecto premium sem que isso represente um gasto exorbitante para o bolso do público.

Quer saber se o JBL Wave 100 TWS vale a pena? Confira a análise completa.

Confira o preço atual dos JBL Wave 100 TWS

Prós

  • Formato confortável
  • Som equilibrado
  • Microfone nítido
  • Entrada USB-C no case
  • Preço

Contras

  • Formato do case
  • Autonomia abaixo do esperado

Design e construção

Visualmente, os JBL Wave 100 TWS são idênticos aos JBL 115TWS. Entretanto, o aparelho analisado neste texto tem mais conforto no uso contínuo. Dessa forma, é notório que a empresa fez algum ajuste no material para melhorar a experiência de uso.

  • Dimensões: ‎2,9 x 2,4 x 2,1 cm (cada fone); 8,7 x 3,1 x 4,2 cm (estojo);
  • Peso: 11,3 g (cada fone); 46,3 g (estojo).

O corpo é todo construído em plástico, e a JBL disponibiliza três opções de borracha para isolamento passivo do som. Na parte externa, o acessório tem um botão multitarefas emborrachado que permite o controle de diferentes ações.

Os fones possuem um formato oval na parte externa, e isso ajuda na ergonomia, pois facilita o encaixe deles no ouvido. Existe um pequeno LED para indicar o funcionamento dos aparelhos, seja quando está em pareamento ou para informar que a bateria está quase acabando.

Um ponto negativo deles é a falta de ajustes para o volume, pois, ao executar alguma música ou vídeo, não dá para controlar a forma como o áudio chega ao ouvido sem usar o celular ou computador para tal.

Entrada USB-C no JBL Wave 100 TWS (Imagem: Ivo/Canaltech)

Também é possível encontrar conectores em cada fone para plugá-los ao estojo de carregamento. Já o estojo dos JBL Wave 100 TWS é um pouco diferente do que estamos acostumados a ver nesse tipo de produto.

Isso porque o case não possui a tampa como outros modelos da marca. Sendo assim, os acessórios podem ficar expostos ao risco de maior contato com a água ou poeira, algo que pode ser preocupante por eles terem certificação IPX7 que os protege apenas de respingos de líquido.

Internamente, cada lado possui dois pinos para interligar os fones ao compartimento. Uma vantagem é que o magnetismo forte não permite que os aparelhos caiam. Além disso, o estojo também tem entrada USB-C para carregamento, e esse é um grande ponto positivo da marca nessa linha de fones lançada em 2021.

"Os JBL Wave 100 TWS têm o formato que dá conforto no uso por um longo período, e isso é uma vantagem para quem faz uso dos acessórios para trabalho ou estudo. O isolamento passivo do som funciona muito bem, pois as borrachas criam uma barreira interessante contra os ruídos desnecessários."

— Jucyber

Qualidade do áudio dos JBL Wave 100 TWS

A qualidade sonora dos JBL Wave 100 TWS é muito atrativa para a faixa de preço em que eles se enquadram. Ao ouvir músicas de diferentes gêneros, dá para sentir que os fones são muito equilibrados.

É interessante ver como o grave se comporta nesses acessórios, pois a sonoridade deles é agradável e demonstra na prática a assinatura de áudio característica da JBL. O fato de não ter uma força “agressiva” permite que as canções não percam a essência desejada.

Em Believer — do Imagine Dragons — a parte da introdução tem a pressão das frequências mais baixas, e isso já dá o posicionamento esperado do som. Entretanto, os agudos e médios realmente se destacam nos Wave 100 TWS, e por isso as vozes ficam mais nítidas nas canções.

Os JBL Wave 100 TWS têm ótima qualidade sonora (Imagem: Ivo/Canaltech)

Dessa forma, as músicas que possuem vozes voltadas para essas tonalidades ficam mais audíveis, já que não existem distorções que afetem a maneira como o nosso ouvido vai receber a sonoridade.

Felizmente, os JBL Wave 100 TWS não demonstram chiados quando o volume atinge 100% da sua capacidade. Além disso, ele é alto e, em 50%, já é mais do que suficiente para ouvir em qualquer local sem ter a sensação de que há uma perda de elementos da música ou o incômodo com sons externos.

Em jogos, os fones conseguem ter uma baixa latência atrativa, e por isso dá para sentir os movimentos dos adversários em games multiplayer para antecipar jogadas e não se sentir prejudicado nos embates por possíveis atrasos no som.

"A qualidade de áudio dos JBL Wave 100 TWS me surpreendeu. Os graves, médios e agudos conseguem se sincronizar para dar um som equilibrado em diferentes momentos. Mesmo em jogos, dá para sentir uma imersão maior com esses fones, além de o tempo de resposta rápido ajudar demais na jogatina."

— Jucyber

Bateria e conectividade

Os JBL Wave 100 TWS contam com Bluetooth 5.0, sendo possível conectá-los ao celular ou computador por meio do pareamento padrão. Infelizmente, esses fones não têm Fast Pair, e isso faz com que a experiência de conectividade seja mais limitada.

No que diz respeito ao controle de energia, a bateria deles não tem uma ótima autonomia, assim como outros modelos que a JBL lançou esse ano, como o Tune 125TWS. A empresa promete 5 horas em uma única carga, mas o estojo garante até três recargas adicionais, somando 20 horas.

Porém, no uso prático, o aparelho se mostrou um pouco abaixo dessa expectativa imposta pela marca, com uma durabilidade de 4 horas e 27 minutos. Esse resultado foi obtido ao ouvir músicas e assistir a séries com o volume em 50%, mas esse tempo pode variar de acordo com o tipo de consumo.

Os JBL Wave 100 TWS tem conexão Bluetooth 5.0 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Ficha técnica

  • Dimensões: ‎2,9 x 2,4 x 2,1 cm (cada fone); 8,7 x 3,1 x 4,2 cm (estojo);
  • Peso: 11,3 g (cada fone); 46,3 g (estojo);
  • Impedância: 16 Ohms;
  • Resposta de Frequência: 20 Hz – 20 kHz;
  • Conexão: USB-C;
  • Bateria: 46 mAh (cada fone); 550 mAh (estojo);
  • Bluetooth: 5.0

Concorrentes diretos

Os JBL Wave 100 TWS são bons fones de ouvido, mas existem diversos modelos no mercado nacional para baterem de frente com esse modelo e que podem fazer sentido para quem busca produtos que também se enquadram no formato de custo-benefício.

Uma boa alternativa são os Redmi AirDots 3, que são fabricados pela Xiaomi. Os aprimoramentos realizados nos drivers de áudio demonstram que a gigante chinesa conseguiu evoluir positivamente a sua linha popular.

Eles também possuem baixa latência, e essa característica os coloca no mesmo patamar dos fones da JBL. Algo que pode influenciar positivamente na escolha pelos dispositivos da Xiaomi é o preço, pois os acessórios custam uma média de R$ 250.

Redmi AirDots 3 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Outra opção é o Honor Earbuds 2 Lite, que tem o formato diferente dos Wave 100 TWS, mas consegue entregar uma qualidade sonora superior. Outra vantagem desse aparelho é a presença do modo de cancelamento ativo de ruídos (ANC).

Além disso, os sensores que permitem a pausa de uma canção ao tirar os fones do ouvido se mostram interessantes para quem está em busca de um produto com diferenciais importantes para a experiência de uso. Entretanto, o preço médio dele é acima de R$ 400, e isso o deixa um pouco acima do modelo analisado neste texto em relação ao gasto para tê-lo.

Honor Earbuds 2 Lite (Imagem: Ivo/Canaltech)

Conclusão

Os JBL Wave 100 TWS têm ótimo custo-benefício. Eles entregam bons graves, médios e agudos, sem que nenhuma dessas frequências se sobreponha às outras e dá uma sonoridade atrativa em canções.

Para quem gosta de assistir a séries, eles também são interessantes. Já em relação ao que é esperado em games, eles indicam que dá para ter baixa latência e um bom tempo de resposta para os movimentos.

Os fones são confortáveis para o uso por longas horas, e, de modo geral, eles conseguem ser superiores aos 115TWS, que possuem o mesmo aspecto físico.

JBL Wave 100 TWS (Imagem: Ivo/Canaltech)

Já em bateria, eles ficam abaixo do esperado para um modelo com toda essa capacidade sonora, pois o 125TWS se mostra uma opção melhor quando o assunto é autonomia.

Apesar de não ter a melhor capacidade de carga para o uso constante, eles são uma das melhores opções presentes em mercado nacional e vale muito a pena. Em diversas varejistas, é possível encontrá-lo por uma média de R$ 299, e isso os coloca em um patamar interessante de conexão entre qualidade e preço.

Gostou dos JBL Wave 100 TWS? Então, confira a oferta que separamos para você no link abaixo: