Review JBL Tune 125TWS | O pareamento rápido chama a atenção

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 30 de Novembro de 2021 às 15h19
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

Repetindo o visual atrativo do antecessor, os JBL Tune 125TWS chegam ao mercado como opções de fones de ouvido focados em usuários interessados em modelos com ótima qualidade e preço equilibrado.

A presença de tecnologias diferenciadas, como o pareamento rápido (Fast Pair) e as melhorias no áudio permitem que os acessórios tenham características internas que justifiquem o posicionamento deles no mercado.

Quer saber se esses fones podem ser considerados os melhores custo-benefício da JBL? Confira a análise completa.

Confira o preço atual do JBL Tune 125TWS

Prós

  • Pareamento rápido
  • Entrada USB-C no case
  • Volume alto e de qualidade
  • Autonomia de bateria
  • Preço

Contras

  • Estojo de carregamento grande

Design e construção

Os JBL Tune 125TWS tem um visual que chama a atenção à primeira vista. Apesar da empresa repetir o design adotado no antecessor — o Tune 120TWS —, o corpo desses fones é um dos mais interessantes entre os modelos até R$ 500 da marca.

  • Dimensões: 2,6 x 1,9 x 2,8 cm (cada fone); 7 x 2,8 x 5,9 cm (estojo);
  • Peso: 14 g (cada fone); 73 g (estojo);

Os fones possuem um formato oval na parte externa, algo que ajuda na ergonomia e influencia no encaixe deles no ouvido. A JBL adicionou uma iluminação que funciona de maneira discreta nos Tune 125TWS para avisar a respeito do pareamento e do funcionamento desses acessórios.

Também é possível encontrar três pinos em cada fone para conectá-los ao estojo de carregamento. Um diferencial estético desses fones são as borrachas, pois nesta versão, a JBL fez a vedação com detalhes em laranja, a mesma cor da logo da empresa.

O isolamento passivo que elas proporcionam é muito bom, e, dependendo do volume, todo som externo é abafado. No uso diário, isso faz toda a diferença para quem prefere ouvir sons Lo-fi enquanto trabalha ou estuda.

JBL Tune 125TWS (Imagem: Ivo/Canaltech)

A parte que fica voltada para a área interna das orelhas é da coloração grafite, já a externa tem duas opções de cor: o branco e o black piano. O JBL Tune 125TWS vem com botão multifunção que possibilita o acesso a diversos recursos de controle de mídias.

Assim como outros modelos básicos da JBL, esses fones não possuem controle de volume. Isso pode ser um pouco complicado para usuários ecléticos, pois alguns gêneros musicais exigem um volume mais alto para envolver o ouvinte e o oposto também pode acontecer.

O estojo dos JBL Tune 125TWS não faz jus ao visual dos fones, porque ele é muito feio. O tamanho é maior que o necessário para guardar os acessórios, e isso dificulta o transporte no bolso.

E como se não bastasse a espessura, o case também dobradiça — sim, tipo aquelas de porta — exposta. Aqui no Canaltech nós testamos a versão preta dos fones, e esse elemento desconexo foi instalado nesse estojo na cor prata.

Dobradiça do JBL Tune 125TWS (Imagme: Ivo/Canaltech)

Essa combinação de cores deixa o case ainda mais excêntrico. Outro elemento desnecessário no compartimento são os ícones indicativos de funções de cada lado dos JBL Tune 125TWS.

As informações são pequenas e a visibilidade depende de boa iluminação no ambiente. Seria interessante se a empresa aplicasse essa indicação em alto-relevo para facilitar a descrição para usuários cegos.

O estojo possui seis pinos — três de cada lado — para plugar os fones e recarregá-los. Na parte inferior temos a conexão USB-C para carregamento do case. Além dos Tune 125TWS e do estojo, a JBL fornece um cabo USB-A/USB-C de 25 cm para ajudar na recarda do produto, seja na tomada ou em outro eletrônico com conexão compatível.

"Eu gostei bastante do isolamento passivo dos JBL Tune 125TWS, principalmente durante o período de trabalho. Como estou sempre com o volume em 50%, qualquer barulho ao meu redor é bloqueado. Além disso, o design desses fones me agradou bastante, porque dá um aspecto mais premium aos acessórios que não são tão caros."

— Jucyber

Qualidade do áudio

A qualidade sonora dos JBL Tune 125TWS é bem interessante para usuários que gostam de ouvir diferentes gêneros musicais. Felizmente esses fones são muito melhores do que os Tune 115TWS que analisamos recentemente. Eles, tinham um som próximo de dispositivos que custam 1/3 do seu valor.

Apesar de algumas músicas ficarem exageradamente agudas, é notório que a empresa fez aprimoramentos no áudio desses fones para entregar uma experiência de uso mais completa ao público.

O grave, principal característica da assinatura de áudio da JBL ainda faz falta, mas a experiência sonora com os Tune 125 TWS não é tão voltada para os médios, como alguns modelos dessa nova linha. Dá para ouvir bem as batidas em tons mais baixos, mas existem canções que exigem uma pressão maior que os fones não conseguem dar.

O JBL Tune 125TWS tem uma boa qualidade de som (Imagem: Ivo/Canaltech)

Um ponto negativo é que eles ficam com bastante chiado em volumes acima de 80%, e isso pode ser uma dor de cabeça — e nos ouvidos — para quem gosta de escutar música o mais alto possível.

Algo que merece elogios no JBL Tune 125TWS é a baixa latência desses fones, porque é possível assistir vídeos sem sentir atrasos entre a imagem e o áudio. Essa sensação se repete em jogos, e isso permite que os usuários aproveitem a jogatina sem medo de atrasarem um ataque.

"Jogando PUBG, percebi que os JBL Tune 125TWS podem atender bem ao público gamer. A qualidade sonora ajuda a captar o momento em que um oponente está passando pelo campo de batalha e não ser surpreendida. E quando tiros eram disparados, o tempo de resposta dos fones ajudava a me defender com facilidade."

— Jucyber

Bateria e conectividade

Um dos destaques dos JBL Tune 125TWS é, sem dúvidas, a bateria. A empresa promete uma autonomia de até 8 horas com uma única carga, mas o estojo garante até três recargas adicionais, somando um total de 32 horas.

No uso prático, assim como outros modelos da JBL, o Tune 125TWS conseguiu alcançar a durabilidade de 9 horas e 25 minutos. Essa média é fruto de um uso contínuo no volume em 50%, porém os resultados podem variar de acordo com o tipo de conteúdo consumido.

JBL Tune 125TWS traz como diferencial o pareamento rápido (Imagem: Ivo/Canaltech)

Esses fones contam com Bluetooth 5.0, no qual é possível conectar os acessórios ao celular por meio do pareamento padrão ou no modo rápido, também chamado de Fast Pair. Nessa opção, o usuário só precisar abrir o case para o smartphone identificar os fones e permitir a conexão.

Os JBL Tune 125TWS também podem ser conectados via Bluetooth no PC ou notebook, mas é necessário utilizar o método normal pareamento, pois os dispositivos com Windows ainda não possuem compatibilidade com o Fast Pair.

Ficha técnica

  • Dimensões: 2,6 x 1,9 x 2,8 cm (cada fone); 7 x 2,8 x 5,9 cm (estojo);
  • Peso: 14 g (cada fone); 73 g (estojo);
  • Impedância: 14 Ohms;
  • Resposta de Frequência: 20 Hz – 20 kHz;
  • Conexão: USB-C;
  • Bateria: 85 mAh (cada fone); 850 mAh (estojo);
  • Bluetooth: 5.0

Concorrentes diretos

Os principais concorrentes dos JBL Tune 125TWS são fones de ouvido TWS fabricados por duas grandes empresas da China. O primeiro é o Huawei FreeBuds 4i, que tem um formato mais próximo dos AirPods, mas a qualidade sonora é semelhante à entregue nos fones que estamos analisando neste texto.

A proposta dos fones da Huawei é até interessante, e o formato deles chama a atenção. Mas, no uso diário, deixam a desejar por não permitirem que o uso dos fones para realizar comandos de reprodução ou pausa de músicas com a qualidade esperada em uma superfície touch.

Redmi AirDots 3 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Um grande problema é a área sensível ao toque, porque é pequena demais e nem sempre funciona como deveria. Apesar de ter sensores interessante e cancelamento ativo de ruídos (ANC), o conjunto geral poderia ser melhor.

Outra opção mais popular é o Redmi AirDots 3, da gigante chinesa Xiaomi. Esses fones receberam diversas melhorias na qualidade do som e isso permite que os usuários levem mais recursos pagando menos.

O novo codec de áudio ajuda na baixa latência, uma característica que faz sentido para a maioria dos usuários que assistem vídeos e jogam utilizando os fones de ouvido. Um grande ponto positivo desses acessórios é o preço, pois já é possível encontrá-los por um valor bem interessante em varejistas brasileiros.

O JBL Tune 125TWS é um bom fone Bluetooth?

Os JBL Tune 125TWS são a opção com melhor custo-benefício dessa nova geração. Apesar de ainda não entregarem os graves característicos da marca, são alternativas proveitosas para quem deseja ter um bom som sem gastar muito.

A experiência de uso, independentemente do gênero musical, é boa. No dia a dia, será um acessório capaz de entregar o melhor isolamento passivo de ruído da categoria, além de ser um adversário à altura de fones de ouvido extremamente populares, como os AirDots 3.

JBL 125TWS (Imagem: Ivo/Canaltech)

Quem gosta de assistir a séries ou jogar, também terá em mãos uma opção interessante, pois a baixa latência permite usufruir desses tipos de entretenimento sem se preocupar com atrasos que podem deixar a experiência visual prejudicada ou afetar o desempenho nos jogos.

De modo geral, vale a pena comprar os JBL Tune 125TWS, principalmente se conseguir encontrá-los na faixa dos R$ 500. Eu desconheço opções nesse preço que sejam equivalentes à essa boa opção da JBL.

Gostou do JBL Tune 125TWS? Então, confira a oferta que separamos para você no link abaixo: