Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review JBL Charge 5 | O puro suco de potência e carregamento reverso

Por| Editado por Léo Müller | 05 de Janeiro de 2023 às 15h45

Link copiado!

Review JBL Charge 5 | O puro suco de potência e carregamento reverso
Review JBL Charge 5 | O puro suco de potência e carregamento reverso

A JBL Charge 5 chega tem a proposta de ser a caixa de som Bluetooth para quem quer de tudo um pouco. Ela conta com opção de power bank para recarregar o celular como a característica embutida em seu nome.

Porém, isso não é tudo. A JBL promete um tempo de uso que pode alcançar até 20 horas antes de a caixa precisar de uma recarga. Além disso, a certificação IP67 garante a proteção contra a água e a poeira.

Mas será que vale a pena comprar a JBL Charge 5, sendo que já existe uma nova geração no mercado? Confira a minha opinião na análise completa!

Continua após a publicidade

Design e construção

A Charge 5 tem um visual característica das caixas maiores da JBL, mas não é tão grande quanto a Boombox, por exemplo. No topo, os botões de energia em Bluetooth ficam em um módulo, enquanto as teclas de volume, play/pausa e a partybooster ficam quase camufladas no corpo.

Na frente, há um indicativo de bateria para indicar ao usuário o momento ideal para fazer a recarga. Nas laterais, estão os radiadores passivos com o ícone da fabricante para dar ainda mais destaque ao produto.

O material utilizado para revestir a caixa é uma espécie de tecido em nylon sintético, e isso é um ponto positivo para o contato do dispositivo com a água. A base tem uns filetes em emborrachado para ajudar na fixação sobre o móvel.

A JBL Charge 5 tem duas entradas, sendo USB-C na parte externa da caixa para recarga dela, e a USB-A em um compartimento tampado. Vale destacar que a porta maior serve apenas para a carregamento reverso, dando energia a outros dispositivos.

Continua após a publicidade

Qualidade de som

Quando o assunto é qualidade de som, a JBL Charge 5 dá conta do recado. Os graves têm a assinatura marcante da empresa, e a caixa também traz agudos e médios muito competentes.

Continua após a publicidade

Na música “In the Stone”, do Earth, Wind & Fire, é possível sentir todas as sonoridades fluindo com competência. O som dos pratos tocados por Freddie White (R.I.P.) ao longo da música ficam ainda mais dançantes nessa caixa de som.

A potência total dela é de 40 W RMS, sendo 30 W nos radiadores e 10 W no tweeter. Como vantagem, o volume segue o mesmo nível de potência entregue pela Caixa. Com isso, fica fácil animar a festa sem se preocupar em deixar algum convidado insatisfeito.

Uma vantagem da Charge 5 é a possibilidade de conectar a caixa Bluetooth com o aplicativo “JBL Portable”. Para conectar ao app, é necessário parear com o celular para que a integração seja rápida.

Dentro do aplicativo, senti falta de diversas opções que estão presentes na versão focada em fones de ouvido. Entretanto, dá para ajustar os níveis de agudos, médios e graves, bem como ativar o modo “Partyboost”, que conecta até 100 caixas compatíveis com o recurso.

Continua após a publicidade

Bateria e conectividade

A bateria da JBL Flip Essential tem 7.500 mAh, e isso permite o uso confortável da caixa de som nas suas duas propostas principais. Para ouvir músicas, com o volume em 50%, a autonomia do dispositivo foi de 18 horas e 45 minutos.

Continua após a publicidade

Esse período fica um pouco abaixo das 20 horas prometidas pela fabricante, mas, ainda assim, é um ótimo número de horas. Já para a recarga de outros dispositivos, a Charge 5 mantém o padrão visto na JBL Charge Essential.

Por isso, no carregamento de um celular, por exemplo, é preciso esperar 2 horas e 10 minutos para completar o ciclo de energia do aparelho. Em um carregador de tomada, esse prazo é de 1 hora e 20 minutos. Logo, não é uma opção viável para o dia a dia, apenas para manter o smartphone ligado enquanto toca a música.

Um grande acerto da JBL na Charge 5 foi evoluir a tecnologia da caixa para o Bluetooth 5.1. Dessa forma, é possível aproveitar as funcionalidades da versão mais moderna da conectividade ao seu favor, principalmente se você planeja adicionar o dispositivo a um ecossistema de Casa Inteligente.

Continua após a publicidade

Concorrentes diretos

Uma grande alternativa para a Charge 5 é a Charge Essential, também da JBL. O formato mais compacto da caixa de som concorrente chama a atenção de quem prefere manter a portabilidade, sem abrir mão de um bom áudio.

Porém, nem tudo são flores nessa caixa, pois os graves não são tão marcantes quanto o esperado para a assinatura de áudio da empresa. E, para quem curte tecnologias mais avançadas, a presença do Bluetooth 4.1 e a conexão microUSB podem representar um retrocesso.

Continua após a publicidade

Entretanto, o preço próximo de R$ 600 pode ser um chamariz para quem prefere economizar, ao invés de pagar quase R$ 900 no modelo maior. Então, vai depender das ponderações de cada usuário.

A JBL Charge 5 é uma boa caixa de som custo-benefício?

A JBL Charge 5 é uma fusão de diversas qualidades em uma caixa de som Bluetooth. O design pode não ser o mais compacto, mas a presença de certificação IP67 pode garantir uma ótima aliada nas festas externas, principalmente à beira da piscina.

Continua após a publicidade

O som tem ótima qualidade, com graves robustos, médios equilibrados e agudos bem lapidados. Além disso, o aplicativo “JBL Portable” garante ajustes adicionais para personalizar as frequências para o gosto pessoal.

Entretanto, a bateria não está adequada com as expectativas, pois o período prometido é um pouco superior ao entregue na prática. Porém, não dá para desdenhar de quase 19 horas de autonomia, pois é uma ótima autonomia.

Considerando que o preço da JBL Charge 5, é de, aproximadamente, R$ 900, a compra dessa caixa de som por esse valor faz sentido. Afinal, tudo que ela traz como vantagem, justifica a aquisição.

Continua após a publicidade

Gostou da JBL Charge 5? Então, aproveite que separamos uma oferta para você: