Review Dell P2721Q | Monitor 4K de qualidade que esbarra no preço

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 05 de Novembro de 2021 às 09h25
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

O Dell P2721Q é um monitor 4K voltado ao público profissional que precisa de alta performance e ferramentas úteis de produtividade. Tido como um dos melhores monitores 4K do mercado segundo alguns veículos especializados internacionais, o produto da Dell trabalha com uma tela UHD de 27 polegadas, construção robusta e uma série de portas na parte traseira, incluindo uma USB-C que fornece 60 W de energia a um notebook.

Nos últimos dias, escrevi textos, li artigos e editei vídeos com o Dell P2721Q e conto, nos próximos parágrafos, se ele é mesmo uma boa opção para quem procura um monitor 4K de qualidade.

Ah, sempre aviso que, caso você se interesse pelo monitor 4K da Dell ao final desta análise, deixaremos links de compra confiáveis para você aproveitar. Vamos nessa?

Prós

  • Construção elegante e minimalista
  • Resolução 4K impecável nas 27 polegadas
  • Ideal para profissionais de edição e designers
  • Alimenta um laptop por USB-C

Contras

  • Níveis de preto e contraste são limitados
  • Preço bastante alto

Construção e design

A Dell não costuma mexer na construção de seus monitores mais caros, portanto temos um design moderno e bem construído. Esteticamente, notei muitas semelhanças com o UltraSharp U3821DW, o qual já tive a oportunidade de analisar, porém numa roupagem menos robusta.

Por exemplo, a tampa traseira tem o mesmo acabamento fosco elegante com o logo da Dell na região central, mas a cor predominante é ligeiramente mais escura, contrastando com o visual prateado da base e do suporte.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

O amparo do monitor e a base, por sua vez, são de metal e me surpreendi pelo tamanho compacto, fazendo com que o produto coubesse na minha mesa sem ocupar o espaço das caixas de som e do mousepad.

Caso queira, é possível dispensar a base para pendurar o monitor na parede — a furação é do tipo VESA, mais comum no mercado. Entretanto, você também consegue ter muitas opções de mobilidade com o suporte, incluindo o ajuste da altura, da inclinação e da rotação da tela.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Ainda na parte traseira, o Dell P2721Q conta com dois botões, sendo um de energia e outro em formato de joystick para acessar todas as configurações. Eles são bem resistentes, assim como no monitor UltraSharp, e a navegação com o joystick é bastante intuitiva, já que não precisa memorizar os botões toda vez.

Na frente, temos uma tela com pouquíssimas bordas nos cantos e na lateral superior. Só não entendi porque a parte inferior da moldura também não ficou menos espessa, já que não há nada ali que impedisse — até o logo da empresa, que geralmente fica ali, não está.

Portas e conexões

Com relação à conectividade, a Dell incluiu uma porta HDMI, uma DisplayPort, uma USB-C e quatro USB-A, sendo duas no padrão 2.0 e duas SuperSpeed de 5 Gbit/s (USB 3.2 de 1ª geração). Além disso, na caixa temos dois cabos USB-C, um com ponta USB-C e outro USB-A, sem contar com um cabo DisplayPort.

Para o uso no meu computador, somente a saída DisplayPort foi necessária para desfrutar de uma experiência agradável para trabalho e consumo de mídia. Entretanto, você também pode conectá-lo a um desktop ou notebook por USB-C e usá-lo como um extensor da sua máquina, já que ele se transforma em um hub.

Minha primeira experiência com essa solução da Dell foi com o UltraSharp U3821DW. Conectando-o ao meu notebook pelo USB-C consegui não só alimentá-lo com uma potência de 90 W, como também transmitir sinal de vídeo, áudio e dados de outras portas, como as USB-A. Eu achei extremamente útil, pois muitos laptops atualmente carecem de quantidade de portas, como os MacBook da Apple, e poder usar as do monitor dispensa a necessidade de comprar acessórios extras.

Com o Dell P2721Q, o exercício foi o mesmo em relação ao UltraSharp U3821DW, porém com menos opções de portas. Não tive nenhum problema ao conectar mouse, teclado e outros periféricos ao monitor enquanto utilizava a porta USB-C para fazer a ponte com o laptop. Além disso, o produto manteve meu notebook carregado durante todo o período em que estive com ele, já que fornece energia de até 65 W.

"O monitor Dell P2721Q traz um visual muito parecido com o gigante UltraSharp U3821DW de R$ 12 mil, sem contar com uma boa quantidade de portas para conectar desktop, notebook, mouse, teclado e outros dispositivos."

— Diego Sousa

Qualidade de imagem

O Dell P2721Q tem uma tela 16:9 de 27 polegadas e resolução 4K. Eu já testei alguns monitores concorrentes de 27’’ e sempre considerei esse tamanho o limite para a resolução Full HD, pois já é possível enxergar os pixels dependendo da sua distância do monitor. Por aqui, essa situação é inexistente, pois são mais de oito milhões de pixels num espaço relativamente pequeno, resultando em imagens extremamente definidas.

Com relação á qualidade de imagem, o painel IPS LCD do Dell P2721Q é ótimo para designers e editores audiovisuais, já que entrega alta fidelidade de cores, ótimos ângulos de visão e tons vibrantes. Aonde o IPS deixa um pouco a desejar são nas tonalidades mais escuras, que acabam ficando levemente esbranquiçadas, sem contar com os níveis de contraste mais baixos.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Nos testes de contraste e níveis de preto que realizei no site Lagom LCD, notei que o monitor da Dell fez um ótimo trabalho em separar os quadrados mais brilhantes da imagem, mas as regiões pretas pareciam escalas diferentes de cinza. Felizmente, a Interface da Dell permite fazer uma série de modificações na imagem, podendo ajustar inclusive a intensidade de preto.

Durante os testes com o Dell P2721Q, consumi dezenas de artigos, escrevi inúmeros textos e editei vídeos menos complexos e tive uma experiência excelente. Em jogos, o monitor não oferece taxas de atualização mais altas ou baixo tempo de resposta, contudo é possível aproveitar a resolução 4K para contemplar títulos de mundo aberto, como Red Dead Redemption 2 — vale lembrar, no entanto, que seu computador precisa ser igualmente potente para suportar conteúdos UHD.

Apesar de 27 polegadas não ser tão grande quanto 38 ou 49 polegadas, até que tive uma boa experiência multitarefa com o P2721Q. Eu utilizei o aplicativo Dell Display Manager para dividir a tela em até três, mas você tem até 38 combinações de até cinco janelas para personalizar a sua produtividade.

"A qualidade de imagem do Dell P2721Q é excelente graças à resolução 4K numa tela de 27 polegadas. As cores são bem vivas e não distorcem conforme o ângulo de visão, ideal para profissionais de edição e designers. A única crítica vai para os níveis de preto ligeiramente esbranquiçados."

— Diego Sousa

Concorrentes diretos

Diversas fabricantes possuem monitores 4K mais baratos que o Dell P2721Q. A Dell pede R$ 3.649 por ele em seu site oficial, e no varejo não encontrei uma economia tão grande. Entre as alternativas ao produto da Dell, temos o Samsung UR550, que pode ser encontrado na faixa de R$ 2.200 e traz um display IPS LCD UHD de 28 polegadas, suporte a HDR e AMD FreeSync.

A grande vantagem do monitor da Dell em relação ao concorrente é a entrada USB-C, que fornece energia, vídeo, áudio e outros dados a um notebook. Essa solução é muito bem-vinda principalmente se você tem um laptop com poucas portas. Na hora de comprar, considere se esse fator é importante para você.

Samsung UR550 (Imagem: Divulgação/Samsung)

O LG 27UL650-W é outra alternativa ao Dell P2721Q para quem procura um monitor 4K de qualidade. Além da resolução UHD, a aposta da LG tem suporte a HDR400, diversos modos de jogo e até entrada USB-C, oferecendo vídeo, energia de outros dados para outro notebook com apenas uma conexão. Sua principal vantagem, no entanto, é o preço: cerca de R$ 2.200, quase R$ 1.000 a menos que o modelo da Dell.

LG 27UL650-W.AWZ (Imagem: Divulgação/LG)

Conclusão

O Dell P2721Q é um dos melhores monitores que eu já testei em relação à qualidade de imagem. Apesar das limitações no preto características do painel IPS, a resolução 4K numa tela de 27 polegadas deixa imagens, vídeos e páginas da web impecáveis. A entrada USB-C é outro diferencial, podendo fornecer energia e outros dados a notebooks Windows e MacBooks.

Infelizmente, os produtos mais interessantes da Dell nem sempre agradam pelo preço, ainda mais considerando que é possível encontrar qualidade similar na concorrência por valores bem mais em conta. É muito difícil pagar mais de R$ 3.000 num monitor 4K com hub USB-C tendo o LG 27UL650-W entregando basicamente a mesma coisa custando quase R$ 1.000 a menos.

Entretanto, caso o monitor da Dell tenha uma diminuição para cerca de R$ 2.500 durante a Black Friday, que acontece nas próximas semanas, com certeza valeria o investimento. Sendo assim, eu ficaria de olho no Canaltech Ofertas, pois selecionamos as melhores ofertas em diversas categorias, com preços que realmente compensam!