Adoção de Macs no mundo corporativo aumenta, segundo pesquisa

Por Stephanie Kohn | 12 de Junho de 2020 às 13h39
Apple
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

O WWDC 2020, evento anual da Apple que vai acontecer em 22 de junho online, deve trazer algumas novidades ao ecossistema da companhia, especialmente um direcionamento de estratégia voltada ao mercado corporativo, já que a maioria dos negócios estão usando ou já permitem o uso de Macs em suas operações.

Recentemente uma pesquisa dentro de PMEs foi feita para entender o uso dos computadores no segmento e descobriu que 55% das companhias utilizavam Macs. Departamentos criativos e de marketing já eram conhecidos por preferirem os equipamentos da maçã, mas agora sabe-se que a área de tecnologia da informação também tem utilizado seus aparelhos. O motivo, de acordo com o estudo, é o desempenho. A maioria das empresas acredita que os computadores da Apple são as melhores ferramentas para as tarefas a serem realizadas.

No entanto, ainda muitos dos Macs usados nas companhias são propriedades privada e preocupam por não terem nenhum controle de gerenciamento por parte das empresas. Outro dado interessante é que, apesar da adoção do Mac em PMEs ser global, apenas 9% das empresas possuem mais de 1 mil computadores Apple em sua organização. Segurança, compatibilidade com dispositivos Apple, facilidade de uso e o fato de os funcionários preferirem usar Macs também foram citados como principais razões para a adoção.

A pesquisa ainda revelou que as utilidades nos setores de TI giram em torno de desenvolvimento de software e há três hipóteses para isso: criação de aplicativos multiplataformas para empresas conectadas, sistema mais confiável ou média de custo mais baixo, conforme foi dito anteriormente pela SAP e IBM.

Em 2016, a IBM declarou que, em média, os Macs se mostram mais baratos do que os PCs a longo prazo. Porém, o valor dos aparelhos da Apple ainda faz com que os compradores de TI das companhias repensem a aquisição. Sendo assim, o custo inicial dos Macs é o grande impeditivo para o crescimento da Apple no mercado corporativo. A IBM começou a desafiar a ideia de que os Macs são mais caros, quando compartilhou com o mundo que economiza mais de US$ 500 por computador quando seus funcionários escolhem um Mac em vez de um PC.

É possível que uma mudança para seus próprios processadores permita à Apple oferecer Macs a preços iniciais mais baixos. Ainda que parece improvável, vale a pena esperar para ver se a novidade será o empurrão para o aumento da participação dos computadores da maçã no setor corporativo.

Fonte: Computerworld

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.