Plataforma de e-commerce SaaS, VTEX é o novo unicórnio brasileiro

Por Rui Maciel | 28 de Setembro de 2020 às 16h20
Divulgação / VTEX

VTEX, a plataforma de e-commerce-marketplace, beaseado em SaaS (Software as a Service) anunciou nesta segunda-feira (28) que arrecadou R$1,250 bilhão (US$ 225 milhões) em uma rodada de financiamento da Série D. Com isso, a empresa passa a ter uma avaliação de US$ 1,7 bilhão, conquistando o status de unicórnio (quando uma empresa de Tecnologia passa a valer mais de US$ 1 bilhão).

O financiamento foi recebido a partir dos principais investidores de tecnologia do mercado público. O fundo Tiger Global foi quem fez o maior aporte, seguindo do Lone Pine Capital. Além disso, Constellatio, SoftBank e Endeavor Catalyst também participaram. Nos últimos 10 meses, essas empresas fizeram um financiamento total na VTEX no valor de R$ 2,025 bilhões (de US$ 365 milhões).

A VTEX anunciou ainda usará fundos da última rodada para fazer aquisições, contratar talentos adicionais, inovar sua plataforma e acelerar o crescimento nos mercados dos EUA, Europa e Ásia-Pacífico.

Escritório da VTEX: parte do aporte será investido em novos talentos (Foto: Divulgação / VTEX)

“Vamos utilizar os recursos para investir ainda mais no Produto, em Customer Experience e em nossa expansão global, mantendo o alto ritmo de crescimento e suporte a nossos clientes, mesmo em meio a um ano tão desafiador", disse Rafael Forte, Presidente VTEX Brasil. “É empolgante ver que estamos no caminho certo para apoiar, cada vez mais, nossos clientes com seus desafios de comércio unificado.”

Crescimento do e-commerce na pandemia

Nos últimos 12 meses, a VTEX afirmou que foram adicionados mais de mil novos clientes à sua plataforma. Além disso, foram contratados mais de cem desenvolvedores para manter o crescimento da divisão de Pesquisa&Desenvolvimento (P&D) e recursos de produtos

Em comunicado, a VTEX afirmou que a sua plataforma de comércio colaborativo, que integra exclusivamente comércio digital, marketplace nativo e recursos de gerenciamento de pedidos, teve um crescimento de 98% na adoção da solução durante a pandemia. A companhia declarou que agora abastece mais de três mil lojas online para marcas globais como AB InBev, Motorola, Stanley Black & Decker, Sony, Walmart, Whirlpool, Coca-Cola e Nestlé.

Página mobile de Admin da plataforma da VTEX: plataforma está presente em mais de três mil e-commerces (Foto: Divulgação / VTEX)


“Estamos entusiasmados para crescer rapidamente em mercados novos e existentes e oferecer a ainda mais marcas uma plataforma que abraça o futuro do comércio, que consiste em ser colaborativo, alavancar mercados e fornecer experiências de cliente inigualáveis”, disse Mariano Gomide de Faria, co-fundador e co-CEO da VTEX. “Esta injeção de financiamento sem dúvida nos apoiará no cumprimento de nossa missão de acelerar a transformação do comércio digital em todo o mundo.”

A rodada vem em meio a um ano de forte expansão para a VTEX, que cresceu lucrativamente na última década, e que espera fechar 2020 com um aumento de 114% no crescimento ano a ano e um recorde de US$ 8 bilhões em volume bruto de mercadorias (GMV). Segundo analistas do mercado, a previsão é de que a receita líquida anual da companhia atinja os R$ 562 milhões.



Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.