TIM anuncia plano para dividir empresa em duas, incluindo filial brasileira

TIM anuncia plano para dividir empresa em duas, incluindo filial brasileira

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 03 de Março de 2022 às 12h00
Reprodução/FM-Pas/Wikimedia Commons

O conselho de administração da TIM aprovou um plano de reorganização que poderá desmembrar a operadora em duas novas empresas. Uma delas cuidará de serviços de infraestrutura de fibra ótica na rede fixa, e a outra, da telefonia móvel. A mudança colocará a filial TIM Brasil no segundo empreendimento.

A nova empresa NetCo ficará responsável pelos ativos de rede fixa, negócios por atacado na Itália e a operação da Sparkle, uma subsidiária internacional do grupo.

Já a ServCo tomará conta dos ativos de rede móvel, plataformas de serviços e data centers. Internamente seria dividida em três áreas: clientes empresariais (empresas digitais Noovle, Olivetti e Telsy), consumidores finais/pequenas e médias empresas e a operação da TIM Brasil. As mudanças devem acontecer gradualmente até 2024.

Pietro Labriola, CEO da TIM (Imagem: Divulgação/TIM)

Serviços em nuvem, internet das coisas e cibersegurança seriam os principais negócios do braço empresarial. O de consumo quer ampliar o "refoco dos canais de vendas no core business e a proteção da base de clientes existente", segundo o comunicado. Já com a TIM Brasil, a ideia é "desfrutar de um impulso de crescimento adicional a partir da integração dos ativos da Oi, continuando seu caminho para uma 'Next Gen Telco' [operadora da próxima geração]".

Em 2021, a Telecom Italia teve prejuízo de 8,7 bilhões de euros. Segundo o anúncio, o novo plano visa "criar uma nova TIM com sólidos fundamentos industriais e tecnológicos, capazes de avançar mais rapidamente para uma geração sustentável de fluxo de caixa". Pietro Labriola, CEO da TIM e ex-CEO da TIM Brasil, disse: "Estou convencido de que a evolução que planejamos para o grupo é uma ruptura positiva com o passado. Estamos desempenhando um papel de primeiro colocado no setor de telecomunicações e esperamos que outros sigam nosso exemplo".

Fonte: TIM

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.