Tesla vai abrir fábrica em Xangai para produzir 500 mil veículos ao ano

Por Eduardo Hayashi | 11 de Julho de 2018 às 12h23
Tudo sobre

Tesla

Elon Musk, presidente executivo e fundador da Tesla, anunciou nesta terça-feira (10) um acordo com o governo chinês para a construção de uma nova fábrica de carros em Xangai. Esta será a primeira unidade construída fora dos Estados Unidos e terá como objetivo alavancar os números de produção da montadora de veículos elétricos.

A decisão ocorre em um momento em que a Tesla aumentou os preços dos veículos fabricados em solo americano e vendidos na China para compensar as novas taxas estabelecidas pelo governo chinês — uma espécie de retaliação às tarifas mais altas sobre os produtos chineses determinadas pelo presidente Donald Trump.

Embora o acordo tenha foco na nova fábrica da Tesla em solo chinês, os termos também estabelecem propostas de desenvolvimento e pesquisa de tecnologias por parte da fabricante de automóveis no país. A China já havia comentado sobre os seus planos para abrir as portas para montadores internacionais como uma forma de popularizar os veículos elétricos em território nacional.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

A Tesla prevê que os primeiros carros começarão a ser produzidos em solo chinês em cerca de dois anos, com planos para a confecção de 500 mil veículos em três anos. Esse total elevaria de forma significativa os números de outras empresas no país, uma vez que a produção média nacional é de 200 mil a 300 mil carros por ano.

O mercado financeiro reagiu de forma acanhada ao anúncio da Tesla, com as ações da empresa registrando alta de apenas 0,7% na Nasdaq. A montadora reiterou que o anúncio não vai afetar as operações de produção nos EUA.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.