Nubank lança cartão de crédito para pessoa jurídica

Nubank lança cartão de crédito para pessoa jurídica

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 15 de Setembro de 2021 às 14h10
Imagem: Divulgação/Nubank

O Nubank apresentou, nesta quarta-feira (15), seu cartão de crédito para empreendedores. Integrado à conta PJ da fintech, ele era o produto mais pedido pelos clientes desde 2019. Segundo o banco digital, a primeira fase vai incluir 50 mil clientes para testar o produto e aprimorá-lo. Depois, a opção ficará disponível para mais interessados.

Esse segmento tem crescido rapidamente: a conta PJ do banco digital registrou, no último ano, aumento de mais de 200% no número de usuários. “Temos muitos empreendedores em nossa base de clientes”, diz Livia Chanes, vice-presidente de produtos do Nubank. “Queremos entregar produtos PJ para eles e estar presentes em seus negócios.”

Imagem: Divulgação/Nubank

Até o momento, a conta PJ inclui cartão com função débito e recursos como transferências gratuitas e ilimitadas para qualquer banco, pagamento de boletos e emissão de boletos de cobrança. Ela permite, ainda, receber valores de vendas feitas por maquininhas, sem a necessidade de intermediários. E o Pix da fintech é gratuito para pessoas jurídicas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com o cartão PJ, será possível comprar matéria-prima, montar estoque e adquirir equipamentos a partir da conta empresarial. Dessa forma, a fintech espera apoiar os clientes na gestão e no crescimento do empreendimento a partir da separação dos gastos de pessoa jurídica. A ideia é ajudar na organização das finanças a partir da separação do dinheiro e minimizar o impacto no caixa da empresa.

O novo cartão de crédito não tem anuidade nem taxa de manutenção e pode ser controlado pelo app do Nubank. Interessados em receber o cartão podem se inscrever na lista para que seu pedido seja analisado quando os testes iniciais forem concluídos. Para isso, não é necessário ser cliente do Nubank: basta ter registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Pagamentos automatizados

Imagem: Divulgação/Nubank

Na terça-feira (14), o Nubank lançou uma plataforma automatizada de pagamentos. Nela, os clientes (tanto pessoas físicas quanto jurídicas) podem programar o pagamento de contas recorrentes.

O serviço, então, vai notificar com antecedência em casos de falta de saldo, aumento do valor da conta ou valor ultrapassado. O cliente, então, pode avaliar se a cobrança é devida ou solicitar a correção do valor ao prestador de serviço. A função será oferecida a todos os usuários ao longo das próximas semanas.

Fonte: Nubank, Money Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.