Hewlett Packard Enterprise deve cortar 5 mil empregos em todo o mundo

Por Redação | 22 de Setembro de 2017 às 10h15

A Hewlett Packard Enterprise (HPE) está preparando a demissão de 5 mil trabalhadores, número que corresponde a cerca de 10% da força de trabalho da companhia, que foi desmembrada do grupo HP em 2015. O corte pode acontecer em curto prazo e afetar especialmente as operações da empresa nos Estados Unidos, ainda que haja previsão de cortes também em outros países.

De acordo com fontes próximas à HPE, as demissões devem acontecer ainda durante este ano e são justificadas pela necessidade de a empresa reduzir custos e ganhar competitividade frente aos concorrentes que trabalham com fornecimento de serviços de cloud computing. Cargos de direção também estão inclusos entre os que devem deixar a HPE.

A CEO da corporação, Meg Whitman, teria afirmado aos analistas no início de setembro que a HPE está crescendo significativamente em algumas áreas importantes de seu negócio, mas que, ao mesmo tempo, ela teria de fazer mudanças que envolveriam cortes em áreas menos eficientes. "Com menos linhas de negócios e prioridades estratégicas claras, temos a oportunidade de criar uma estrutura interna e um modelo operacional mais simples, mais nítido e rápido", afirmou Whitman.

Durante a mesma reunião, Tim Stonesifer, diretor financeiro da empresa, teria dito que ela pretendia reduzir custos em até US$ 1,5 bilhão. Atualmente, a Hewlett Packard Enterprise trabalha em quatro divisões e fornece serviços de TI no mercado corporativo. Além disso, atua na área de consultoria, software e no segmento de servidores e armazenamento.

Fonte: Bloomberg

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.