Diante de alto prejuízo, Uber anuncia congelamento de contratações

Diante de alto prejuízo, Uber anuncia congelamento de contratações

Por Wagner Wakka | 12 de Agosto de 2019 às 13h43
Divulgação

A Uber está congelando as contratações para equipes de engenharia e serviços nos Estados Unidos por conta de cortes de despesas. A informação vem da própria companhia, conforme anuncia a Bloomberg.

Segundo o texto, a Uber está parando seu programa de contratação de engenheiros voltados para software e gerentes de produtos. Os números da companhia apontam que ela já contratou até mais funcionários do que as metas para o ano.

“Continuamos agressivamente na contratação de talentos, incluindo engenheiros, em todo o mundo. Pausamos temporariamente algumas equipes para garantir que sejamos tanto efetivos quanto eficientes, de acordo com nossas prioridades estratégicas”, disse nota.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O termo contratação ainda se refere apenas a funcionários sob o guarda-chuva da empresa, sendo que os motoristas parceiros podem continuar a se cadastrar para oferecer corridas.

A decisão vem logo depois que o Yahoo Finanças divulgou a notícia de que a Uber teve resultado financeiro do trimestre abaixo do esperado, incluindo receitas. No total, a empresa registrou prejuízo líquido de US$ 5,24 bilhões, considerado o maior da história dela. Além disso, desde a abertura de capital em maio deste ano, as ações registraram queda de 11%.

A medida também integra uma outra ação de corte da Uber. Na semana passada, ela anunciou o corte de 400 funcionários do time de marketing, também com o intuito de enxugar as contas.

Fonte: Bloomberg, Yahoo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.