Broadcom desiste de comprar a Qualcomm depois da canetada de Trump

Por Natalie Rosa | 14 de Março de 2018 às 10h17
photo_camera KTLA
TUDO SOBRE

Qualcomm

A Broadcom desistiu oficialmente de comprar a Qualcomm após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, bloquear as negociações. O negócio estava avaliado em quase US$ 140 bilhões, mas o governo considerou o acordo prejudicial à segurança nacional do país.

Segundo a Broadcom, a empresa também está retirando a lista de candidatos para o conselho da Qualcomm.

Apesar da desistência, a Broadcom reiterou que pretende continuar com os planos de mudar a sua sede de Singapura para os Estados Unidos. Para definir os próximos passos nesse processo, uma reunião especial com os acionistas deve ser feita no próximo dia 23 de março.

Com uma sede no país norte-americano, seria mais fácil para a Broadcomm fazer a aquisição de companhias do país sem precisar passar pelas leis do Comitê de Investimento Estrangeiro dos Estados Unidos, a CFIUS.

Fonte: Reuters

Participe do nosso grupo de ofertas no Facebook e tenha acesso aos melhores descontos e cupons para você garantir sempre o menor preço em suas compras online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.