Após 13 anos separadas, Viacom e CBS anunciam nova fusão

Por Rafael Rodrigues da Silva | 13 de Agosto de 2019 às 22h50

Depois de 13 anos separadas, a CBS e a Viacom estão voltando oficialmente a ser uma única empresa. A notícia foi anunciada nesta terça-feira (13), e ambas irão se juntar para criar uma nova companhia de mídia, que será chamada de ViacomCBS Inc., e que já nascerá com um valor de mercado de US$ 28 bilhões.

A nova companhia será comandada por Bob Bakish, atual CEO da Viacom e que assumirá a posição de presidente e CEO da ViacomCBS. Já Joe Ianniello, atual CEO da CBS, assumirá o cargo de presidente do conselho de acionistas e CEO. Shari Redstone, que foi a responsável pela fusão, ocupará o cargo de conselheira na companhia.

A fusão, que será do tipo completa (ou seja, 100% das ações serão convertidas), foi fechada após a CBS aceitar converter cada uma das ações da Viacom - tanto as que dão direito à voto quanto as que não garantem esse direito - em cerca de meia ação respectiva da CBS; ou seja, cada duas ações da Viacom se tornarão uma ação da CBS ao fim da fusão.

Como a CBS possui uma série de canais abertos - além do serviço de streaming CBS All Access - e a Viacom é dona de alguns dos mais famosos canais da TV a cabo (como MTV, Comedy Central e Nickelodeon) - além da Paramount Pictures, que produz filmes para o cinema -, a fusão automaticamente tornará a ViacomCBS numa das gigantes da mídia, e dará à nova empresa toda a estrutura necessária para competir em um mercado dominado por empresas como Disney e WarnerMedia, o que exige que uma companhia de produção audiovisual esteja presente em todas as mídias possíveis.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.