Acionistas aprovam venda da 21st Century Fox para a Disney por US$ 71,3 bilhões

Por Carlos Dias Ferreira | 27 de Julho de 2018 às 15h13
Divulgação

Acionistas da Fox e da Disney se reuniram nesta sexta-feira (27) para votar sobre a continuidade da transação iniciada em dezembro do ano passado. De forma quase unânime, as cúpulas das duas corporações aprovaram a venda de diversos ativos da 21st Century Fox à Disney por US$ 71,3 bilhões.

Segundo o líder do conselho administrativo da Fox, Gerson Zweifach, a fusão deve ser concluída durante a primeira metade de 2019. Fach ainda afirmou que o negócio deve adicionar “valor significativo” aos investidores da companhia – isso pouco antes de alguém alcançar o microfone e disparar um “Eu amo Rupert Murdoch”, prestando homenagem ao fundador da Fox, conforme reportou o site Variety.

Ainda segundo o referido site, a reunião da Disney foi um tanto mais breve e superficial. Em menos de 10 minutos, a cúpula realizada com alguns dos principais acionistas da empresa aprovou sem maiores embargos a aquisição – embora alguém tenha apontado que a companhia estava "pagando demais pela Fox”. Também foi levantada a questão sobre a possível mudança do quartel-general da Disney, atualmente em Burbank, na Califórnia (EUA).

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Embargos e a desistência da Comcast

Ao selar as negociações, as cúpulas da Fox e da Disney dão fim ao longo processo de incorporação iniciado ao final do ano passado. A venda havia sido recentemente barrada por acionistas da Fox que questionavam as projeções financeiras apresentadas, além de evidenciar conflitos de interesses relacionados à Goldman Sachs – grupo financeiro multinacional que intermediou as negociações mediante pagamento de US$ 105 milhões.

Embora as votações tivessem sido originalmente marcadas para o dia 10 de julho, a oferta de US$ 65 bilhões feita pela Comcast no início de junho – superando os US$ 52,4 bilhões inicialmente oferecidos pela Disney - demandou maior tempo de deliberação por parte do conselho da Fox. Ao final, a cúpula optou pela Disney, por considerar a empresa mais adequada ao controle do império de Rupert Murdoch, levando a Comcast a retirar oficialmente a oferta. Entretanto, o negócio ainda depende da aprovação de diversos órgãos governamentais internacionais.

Pela "bagatela" de US$ 71,3 bilhões, a Disney assumirá o controle da 20th Century Fox, da FX Networks e da National Geographic Partners. (Imagem: reprodução/Disney).

Entre os ativos que agora passam ao controle da Disney estão o estúdio 20th Century Fox, a FX Networks, a National Geographic Partners, além de outras propriedades ligadas à indústria do entretenimento. Após a aquisição, Rupert Murdoch e Lachlan Murdoch devem permanecer no controle da companhia batizada de New Fox, a qual inclui a Fox Broadcasting Co., a Fox TV, a Fox Sport e a Fox News.

Fonte: via Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.