"Embraer jamais será vendida", diz Temer sobre possível compra pela Boeing

Por Redação | 22 de Dezembro de 2017 às 11h35
photo_camera Dovetail Store

Após especulações de que o controle da Embraer seria vendido à norte-americana Boeing, o governo brasileiro interviu e disse que, se depender deles, a compra não vai acontecer. "No meu governo, a Embraer jamais será vendida", disse o presidente Michel Temer em reunião com o comandante da Força Aérea, brigadeiro Nivaldo Rossato; o Ministro da Defesa, Raul Jungmann; e auxiliares.

A notícia da possível venda foi publicada pelo Wall Street Journal e o governo brasileiro diz ter sido pego de surpresa. No entanto, a área militar afirma ter percebido movimentações em reuniões recentes em Brasília, mas que a negociação, na verdade, se trata apenas de uma associação.

O presidente diz ainda não ser contra as negociações entre as duas empresas, mas deixa claro que pretende apenas evitar que o Brasil perca o controle da Embraer.

Após o comunicado da possível venda, ou fusão, as ações da Embraer dispararam 40% ontem, fechando em alta de 22,5%, chegando a um valor de mercado de R$ 14,8 bilhões.

Fonte: Folha, G1

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.