Yahoo anuncia a demissão de dois mil funcionários

Por Adriano Camargo | 04 de Abril de 2012 às 15h00

O Yahoo! anunciou hoje, quarta-feira (4) a demissão de dois mil trabalhadores. Isso sinaliza uma reestruturação geral da empresa, pois representa 14% da equipe global da companhia. Com essa medida, a economia anual será de aproximadamente US$ 375 milhões.

No quarto trimestre de 2011, com cerca de 14,1 mil empregados, o Yahoo registrou uma queda de 3% em sua receita, e uma diminuição de 5% nos lucros. A empresa enfrenta dificuldades para recuperar seu faturamento com publicidade. No ano passado, o lucro líquido de US$ 1,04 bilhão representou uma queda de 14,8%. A receita, por sua vez, caiu 21% e totalizou US$ 4,98 bilhões – boa parte desta queda se deu devido à concorrência de rivais de peso, como Google e Facebook.

"As medidas de hoje são um passo importante para um novo Yahoo, menor, mais ágil, mais rentável e mais bem-equipado para inovar com a velocidade que nossos clientes e o mercado exigem", disse o novo presidente Scott Thompson. O executivo, ex-presidente do PayPal, assumiu o cargo de chefia do Yahoo em janeiro após a saída, em setembro, da presidente-executiva Carol Bartz.

Scott Thompson

Scott Thompson, novo CEO do Yahoo!

"Nosso objetivo é voltar à nossa meta principal, ou seja, é colocar nossos usuários e anunciantes em primeiro lugar, e estamos nos mexendo agressivamente para conseguir isso", finalizou.

As demissões já eram esperadas, e não serão realizadas todas de uma só vez. Elas afetarão principalmente os grupos de produtos, pesquisa e marketing do Yahoo. A empresa não quis comentar detalhes sobre as indenizações.

Os empregados serão notificados nesta quarta mesmo. O Yahoo deve fornecer mais informações sobre a reestruturação no dia 17 de abril, quando será divulgado o seu balanço do primeiro trimestre.

Ainda não há informações de demissões no Brasil, segundo a empresa.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!