Irmãos Winklevoss, da história do Facebook, investem em nova rede social

Por Fernanda Morales | 17 de Setembro de 2012 às 14h57

Os gêmeos Winklevoss, mais conhecidos por sua batalha judicial contra Mark Zuckerberg sobre a fundação do Facebook, investiram em uma nova rede social voltada para investidores, a SumZero. As informações são da agência de notícias Reuters.

Tyler e Cameron Winklevoss investiram US$ 1 milhão (cerca de R$ 2 milhões) na SumZero, fundada pelos companheiros da Universidade de Harvard Divya Narendra e Aalap Mahadevia em 2008. Narendra também foi um dos grandes aliados dos irmãos durante o processo contra o Facebook, que lhes rendeu uma boa quantidade de ações da empresa e US$ 65 milhões (R$ 132 milhões aproximadamente) em dinheiro.

Irmãos Winklevoss

Os irmãos anunciaram o investimento de US$ 1 milhão na rede social

Os irmãos entraram com uma ação judicial contra Zuckerberg afirmando que o então CEO da rede social roubou a ideia deles. O acordo de milhões visava encerrar a disputa e os gêmeos Winklevoss aceitaram a quantia. Logo em seguida, recorreram do acordo afirmando que a decisão foi fraudulenta e que eles mereciam mais dinheiro.

Em junho de 2011, os irmãos decidiram não comparecer em mais uma audiência do caso no Supremo Tribunal dos Estados Unidos, e aceitaram definitivamente os US$ 65 milhões.

A SumZero conta com 7.500 membros e permite que investidores compartilhem ideias, pesquisas e negócios por meio da página. A rede social ainda classifica os investidores em três categorias com base em suas atividades como profissionais de investimento em fundos de hedge, fundos mútuos e firmas de private-equity. E o serviço não permite a entrada de investidores do 'sell side', que lidam com a compra de fundos e papéis.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.