Google Chrome vai consumir menos memória RAM no Windows 10

Por Diego Sousa | 30 de Junho de 2020 às 08h14
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google confirmou nesta segunda-feira (29) que o Chrome vai oferecer suporte ao novo gerenciamento de memória do Windows 10 a partir da próxima atualização. As melhorias implementadas prometem reduzir o uso geral de memória em programas Win32 (agora chamado de Windows API), como os navegadores Edge e Firefox, no Windows 10 versão 2004, a mais recente liberada pela Microsoft.

Segundo informações de um programador do Chrome, a mudança já está habilitada na versão mais recente (85.0.4182.0) do navegador. "Posso confirmar que o recurso Segment heap está disponível", afirma. No entanto, como aponta o site Windows Latest, o Google é a segunda empresa a adotar o novo gerenciamento de memória e os testes ainda devem começar no Beta. Ou seja, os usuários finais deverão perceber a novidade somente nos próximos meses.

A Microsoft já incluiu as mudanças no navegador Edge, que é baseado no Chromium, mesma estrutura do rival do Google. Testes internos da empresa confirmaram que houve uma redução de 27% no uso de memória com a nova atualização do Windows.

De qualquer maneira, vale lembrar que as melhorias deverão funcionar apenas na versão mais atualizada do Windows 10 — então, sugerimos que você mantenha seu PC atualizado.

Fonte: Windows Latest; Chromium.org  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.