Nova função do Windows 10 promete reduzir uso de memória do Google Chrome

Por Diego Sousa | 18 de Junho de 2020 às 14h00

Apesar de o Google Chrome ser o navegador mais popular do mundo, você deve saber que ele também é um dos que mais consome a memória do seu computador — mas essa história pode estar prestes a acabar com a adição de um novo recurso do Windows 10.

De acordo com o site Windows Latest, especialista no SO da Microsoft, foram implementadas melhorias no gerenciamento de memória do sistema que promete reduzir o uso geral de memória em programas Win32 (agora chamado de Windows API) no Windows 10 versão 2004, a mais recente liberada pela Microsoft.

A Microsoft já incluiu as mudanças no navegador Edge, que usa a mesma estrutura do Chrome, e os testes internos concluíram que houve uma redução de 27% no uso de memória com a nova atualização do Windows.

Conforme sugerem algumas publicações no site para desenvolvedores Chromium Gerrit, o Google deve adotar as melhorias em breve. Em resposta, um desenvolvedor do Chrome observou que a novidade pode, sim, economizar centenas de megabytes nos processos do navegador, mas os "resultados reais variam amplamente, com as maiores economias em máquinas com muitos núcleos".

Até o momento, o Google não anunciou quando essas melhorias chegarão ao Chrome para Windows 10. No entanto, vale lembrar que elas deverão funcionar apenas na versão mais atualizada do sistema — então, sugerimos que você mantenha seu PC atualizado.

Fonte: Windows Latest; Chromium Gerrit  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.