Internet Archive recupera 490 mil músicas perdidas pelo MySpace

Por Felipe Demartini | 04 de Abril de 2019 às 11h08
Mashable

O Internet Archive publicou um acervo de 490 mil músicas que foram perdidas pelo MySpace durante um recente erro de migração de servidor. De acordo com o serviço, que chamou a coletânea de “MySpace Music Dragon Hoard”, as faixas foram hospedadas na rede social entre 2008 e 2010 pelos próprios usuários.

As músicas estão presentes na íntegra e contam com um sistema de busca integrado, além de não exigirem download, podendo ser ouvidas diretamente pelo navegador. Entretanto, por mais que a notícia seja boa, as canções recuperadas pelo Internet Archive não representam nem mesmo 1% do total perdido pelo MySpace, que alegou ter passado por um erro de migração de servidor que resultou no sumiço de boa parte de seu arquivo de conteúdo.

Os arquivos foram baixados como parte de uma pesquisa acadêmica não revelada pelo Internet Archive. As redes sociais e sua utilização por músicos era o foco do estudo, que resultou no download de 1,3 TB de arquivos para análise. Os dados ficaram armazenados em servidores privados e, com a notícia do desaparecimento das canções do MySpace, os responsáveis pelo trabalho entraram em contato com o serviço de arquivamento para recuperação desse “pequeno” acervo.

De acordo com os dados oficiais, 50 milhões de arquivos, principalmente músicas, mas também fotos e vídeos, foram perdidos depois da falha. Os arquivos desaparecidos foram hospedados no serviço entre 2003 e 2015 e, por mais que muitos de seus usuários nem mesmo estivessem mais na plataforma, boa parte de sua história musical permanecia ali, o que incluía também grandes artistas em seus trabalhos iniciais, quando ainda eram anônimos.

De acordo com o Internet Archive, a ferramenta de busca usada no acervo, a Hobbit, ainda está sendo otimizada para se tornar mais veloz e assertiva com relação aos termos pesquisados pelos usuários. Além disso, a utilização de uma interface parecida com a do MySpace apresenta um toque a mais de nostalgia, mesmo que a coleção em si seja apenas uma parcela mínima do que foi perdido pela rede social.

Usuários chegaram a acusar a empresa de negligência pela perda dos arquivos, enquanto outros afirmaram que a empresa estaria mentindo, em uma tentativa escusa de economizar espaço nos servidores e se livrar de arquivos de usuários que nem mesmo lembram mais que a plataforma existe. Essa foi uma bandeira levantada por Andy Baio, cofundador do Kickstarter, e também mencionada pelo próprio Internet Archive, que se referiu à “perda” de dados do MySpace assim mesmo, entre aspas.

A plataforma nunca foi muito popular no Brasil, mas nos EUA fez parte da história como uma das primeiras redes sociais efetivamente abrangentes. Não apenas era um espaço para compartilhamento de fotos, relatos e contatos com os amigos, mas também um grande local para descoberta de artistas, com nomes como Adele, Arctic Monkeys, Lily Allen e, mais notoriamente, Justin Bieber tendo reconhecimento por meio da plataforma.

Fonte: Internet Archive

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.