MySpace ganha cara nova ainda este ano

Por Redação | 24.07.2012 às 15:40

O MySpace, rede social voltada para o mercado musical, foi esquecida nos últimos tempos depois de ser adquirida pela News Corp., do magnata Rupert Murdoch, e muitos músicos decidiram deixar o espaço de promoção e optaram por outras redes.

No último ano, Chris e Tim Vanderhook, da Specific Media, adquiriram a rede social por aproximadamente US$ 35 milhões e desde então trabalham para retomar o sucesso anterior do serviço. Para isso, inciaram uma parceria com o cantor e ator Justin Timberlake, para trazer músicos e bandas de volta ao MySpace.

Proprietários MySpace   Justin Timberlake

Os novos donos fecharam uma parceria com Justin Timberlake para conseguir trazer os músicos de volta para o MySpace

A nova versão do site, que ainda está em beta e deverá estar disponível para todos os usuários ainda este ano, visa utilizar as mais de 42 milhões de canções cadastradas no serviço para chamar os músicos de volta para o espaço. A ideia é transformá-lo novamente em uma plataforma simples onde os compositores podem promover seu trabalho e estar em contato com o seu público.

"Se você pensar na marca MySpace, para o consumidor médio ela foi negativa, mas para a comunidade artística ele foi positiva", afirmou à Forbes TimVanderhook, CEO da Specific Media. "Eles precisaram do MySpace para ter sucesso".

Os novos proprietários também analisaram profundamente os interesses dos seus usuários no último ano e mais de 60% dos entrevistados afirmaram que utilizam o serviço, pois querem que suas músicas sejam descobertas pelo público e por empresários.

Segundo o The Verge, os detalhes do novo site ainda são escassos, mas acredita-se que ele será uma alternativa ao Spotify, serviço de músicas por streaming parceira do Facebook.

Os irmãos ainda informaram, em fevereiro deste ano, que o MySpace estava conquistando mais de 40 mil novas assinaturas por dia e que o número de acessos mensais subiu para 30 milhões.