Xiaomi não teve vendas afetadas pela crise do coronavírus, garante executivo

Por Douglas Ciriaco | 25 de Março de 2020 às 09h00
Android Authority
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

A Xiaomi já consolidou como uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo e prova disso é o seu desempenho superior ao da rival Huawei durante o mês de fevereiro. E ontem (24), durante o lançamento do novo Redmi K30 Pro, o vice-presidente da Xiaomi e diretor-geral da Redmi Lu Weibing garantiu que o impacto da pandemia do coronavírus não foi tão grande.

Apesar de parecer ter a situação já controlada, a China ainda é o país com maior número absoluto de casos, mesmo tendo agido rapidamente para estancar a epidemia e ter mostrado bons resultados nesse sentido. De qualquer modo, o surto de COVID-19, a doença gerada pelo novo coronavírus, fechou fábricas e lojas e impactou os negócios de muitas empresas locais.

Weibing, porém, não se mostrou preocupado. Segundo relato do site Sina Technology, o executivo não apenas garantiu que o impacto sobre a venda de telefones foi pequeno como a situação toda gerou uma integração maior entre as vendas online e offline. Vale lembrar, porém, que a venda geral de aparelhos celulares caiu em fevereiro.

Redmi K30 Pro é a mais recente arma da Xiaomi no duelo contra a Huawei. (Imagem: Divulgação)

Huawei: um oponente não tão forte

Outro tópico abordado por Weibing em sua coletiva online foi a concorrência com a Huawei. Ele reforçou o foco em ultrapassar a fabricante do P30 e ainda "cutucou" a rival ao afirmar que ela se mostrou menos perigosa do que parecia. Além disso, o executivo se mostra bastante confiante no hardware que a sua companhia é capaz de oferecer aos clientes.

“Francamente, em meados do ano passado descobrimos que esse oponente [a Huawei] não era tão forte como pensávamos”, declarou o executivo da Xiaomi e da Redmi. Para ele, as comparações feitas entre os modelos das rivais dará conta de colocar a Xiaomi em um lugar melhor dentro na disputa.

A única certeza que temos até agora é de que será um belo embate.

Fonte: Sina Technology

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.