Vendas do Apple Watch devem cair 25% este ano, segundo analista

Por Redação | 11.04.2016 às 16:40
photo_camera Divulgação

O número de unidades vendidas do smartwatch da Apple deverá apresentar uma queda considerável neste ano. Segundo o analista da KGI Securities, Ming-Chi Kuo, os embarques do Apple Watch deverão cair 25% em 2016, para 7,5 milhões de unidades vendidas em todo mundo. Em comparação. estima-se que a Apple tenha vendido 10,6 milhões de relógios inteligentes em 2015.

Kuo culpa a falta de características importantes pelo declínio do mercado de wearables. Para ele, a vida útil limitada das baterias, a escassez de aplicativos e a grande dependência de um iPhone são fatores cruciais para a queda das vendas até o lançamento da possível segunda geração do smartwatch. Ele ainda descreve o mercado de dispositivos wearable como "imaturo".

O analista acredita que o Apple Watch 2 entrará será produzido em massa no terceiro trimestre de 2016, adaptando-se ao ciclo anual de atualização do iPhone. No entanto, os embarques não serão suficientes para que as vendas globais apresentem números convincentes. Kuo espera que o novo gadget seja apenas uma atualização simples, com pequenas melhorias e nenhuma alteração de impacto.

A opinião do analista não condiz com os rumores que circulam a respeito de diversas melhorias no Apple Watch 2. Especula-se que a nova versão inclua uma câmera FaceTime, expansão nas conectividades e novos tipos de pulseiras. Há ainda a possibilidade da Apple inserir novos materiais na produção de seu novo wearable, como titânio, tungstênio e platina. De qualquer forma, um novo design para o Apple Watch, totalmente redesenhado, deverá ser lançado pela Apple apenas em 2017.

Via MacRumors