Uber volta a testar carros autônomos em São Francisco depois de dois anos

Por Felipe Ribeiro | 11 de Março de 2020 às 22h40
Uber
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

O Uber Advanced Technologies Group (ATG), divisão da Uber responsável pelos projetos de inovação e tecnologia, anunciou que vai retomar os testes com carros autônomos em São Francisco. A notícia vem dois anos depois da paralisação, que foi feita devido à morte de um pedestre, o que aconteceu em Phoenix, no Arizona, em 2018. Segundo o TechCrunch, a gigante das caronas vai utilizar os SUVs premium da Volvo, o XC90.

A Uber vai testar esses veículos apenas por algumas semanas, durante o dia e com um motorista de segurança, que estará acompanhado de um co-piloto. Essa medida, muito embora seja drástica, mostra a preocupação da empresa com a segurança das pessoas e, claro, com a assertividade de seu material.

O Uber ATG recebeu uma permissão para retomar os testes na Califórnia no mês passado, mas ela também está testando em Dallas, Pittsburgh, Toronto e Washington-DC. Os motoristas estão presentes em todos esses testes e, após o acidente fatal, o Uber adicionou mais recursos de segurança, incluindo um sistema de monitoramento de motoristas em tempo real, que envia um alerta se detectar que os "especialistas em missão" não estão prestando total atenção.

Imagem: Uber

"Estamos empolgados em retomar os testes autônomos na cidade natal da Uber esta semana. Nossa área de testes terá escopo limitado, para começar, mas esperamos intensificar os trabalhos nos próximos meses e aprender com as difíceis, mas informativas, condições da estrada que Bay Area tem a oferecer", disse um porta-voz da empresa, em comunicado enviado ao pessoal do TechCrunch.

Fonte: EngadgetTechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.