Uber se recupera após queda na pandemia, mas segue com prejuízo bilionário

Uber se recupera após queda na pandemia, mas segue com prejuízo bilionário

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 05 de Maio de 2022 às 21h45
Canaltech/Felipe Freitas

Na última semana de abril, o Uber (a unidade global) anunciou que sua receita no primeiro trimestre de 2022 começou a apresentar uma recuperação em relação às quedas ocorridas na empresa durante a pandemia.

Nos primeiros três meses do ano, a Uber faturou US$ 6,9 bilhões (R$34,8 bilhões, na conversão atual) um aumento significativo se comparado com os US$ 2,9 bilhões (R$ 14,63 bilhões) faturados no mesmo período do ano anterior.

Ao mesmo tempo, nem todas as notícias sobre os resultados do Uber no primeiro trimestre de 2022 são positivas. A empresa também apresentou um prejuízo de US$ 5,9 bilhões (R$ 29,77 bilhões) durante o período, 55 vezes o do mesmo período em 2021. As perdas foram atribuídas ao faturamento de custos, investimentos e incentivos para atrair motoristas e passageiros.

Crescimento do Uber por área

Uber Eats foi área da empresa que mais se destacou durante a pandemia. (Imagem: Reprodução/Uber Eats)

Os resultados do primeiro trimestre do Uber também foram mostrados para as diferentes áreas da empresa. A parte de transporte de passageiros foi a que mais cresceu no período, com crescimento: 58% de aumento nas receitas. A organização afirmando que sua base de motoristas está em sua maior alta desde o início da pandemia.

Já a área de delivery, o Uber Eats, que foi a que mais se destacou durante a pandemia, também cresceu no primeiro trimestre de 2022, embora de forma menos expressiva que a de transporte, 12%, em um possível reflexo das medidas protetivas contra a covid se tornando mais flexíveis em diversos locais do mundo.

Ficou interessado em mais informações sobre o relatório do Uber? O podcast Canaltech News, nesta quinta-feira (5) lançou um episódio em que os resultados são abordados, que pode ser conferido neste link.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.