Uber reportará crimes ocorridos em viagens diretamente à polícia londrina

Por Redação | 16 de Fevereiro de 2018 às 15h20
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

Uber

Após todas as polêmicas envovendo a Uber nos anos passados, a empresa resolveu adotar uma política de tolerância zero para tentar retomar a moral: a partir de agora, incidentes sérios que acontecerem durante uma viagem serão reportados diretamente à polícia. Essa é uma das principais mudanças acordadas por Dara Khosrowshahi, o CEO que assumiu a bronca deixada por Travis Kalanick, prometendo resgatar o nome da Uber da lama.

Antes dessa política ser instaurada, uma das principais críticas feitas à segurança da Uber era que as denúncias de crimes ocorridos durante as viagens eram responsabilidade dos clientes atendidos.

Outra mudança adotada pela empresa será a disponibilidade de serviço telefônico 24 horas para motoristas parceiros, caso seja necessário receber algum suporte durante a prestação de serviços.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Essa política já foi adotada em Londres e nós vamos continuar trabalhando em conjunto com a Polícia Metropolitana para melhorar a segurança pública na capital. Nós estamos planejando expandir a política para todo o Reino Unido, após negociações com outras forças policiais", afirmou uma nota pública da empresa.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.