SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Sustentabilidade nas empresas depende da liderança, aponta pesquisa do Google

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 05 de Abril de 2023 às 16h00

Link copiado!

Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik
Tudo sobre Google

Uma pesquisa divulgada pelo Google Cloud apontou que manter uma liderança forte é essencial para empresas avançarem em assuntos relacionados à sustentabilidade. O levantamento, feito pela consultoria The Harris Poll com 1.476 executivos de 16 países, incluindo Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Japão e França, teve dados relevados durante o evento Sustentabilidade com o Google - Amazônia.

O mercado brasileiro possui particularidades interessantes no segmento, segundo o estudo. Exatos 62% dos executivos entrevistados disseram que uma liderança atuante é necessária para que as organizações consigam avançar em suas metas de sustentabilidade. A média global ficou em 50% dos executivos, um retrato de como o tema é importante por aqui.

Continua após a publicidade

Outra prova disso é a quantidade de lideranças brasileiras que acreditam na sustentabilidade: 69% disseram que o conhecimento sobre o tema é necessário para o sucesso. Por outro lado, cerca de 45% alegaram falta de talento para tratar dessa jornada, já que a iniciativa precisa partir deles.

Sustentabilidade no foco das empresas

Além das ações práticas, o levantamento também revelou que os empresários se preocupam com a imagem das empresas que não levam o tema a sério. Para 82% dos C-Levels, “atrasar, reduzir as metas ou cortar financiamentos” de ações ecológicas representam uma má gestão das relações públicas.

Inclusive, a imensa maioria (94%) acredita que consumidores e clientes estão mais propensos a se envolver com marcas sustentáveis. Essa é uma tendência mundial, mas que parece ainda mais forte entre os executivos brasileiros.

Continua após a publicidade

Dificuldade de mensuração

Por outro lado, existe um desafio importante a ser superado de mensuração das ações. As empresas adotam iniciativas interessantes, mas tendem a expor em excesso os esforços pela falta de dados concretos.

Segundo 85% dos executivos consultados, há um exagero na divulgação das informações quando não se consegue medir os resultados por aqui. A média global também é elevada (85%), mas um pouco menor que a brasileira.

Apesar disso, os brasileiros parecem estar à frente dos pares de outros países na criação de indicadores de sustentabilidade. Entre os líderes ouvidos no Brasil, 51% garantem possuir um programa de medição vigorando nas empresas, exatos 14 pontos percentuais a mais que a média global (37%).

Continua após a publicidade

Sustentabilidade é tema importante no Brasil

Para o head do Google Cloud Brasil Marco Bravo, as práticas sustentáveis são uma exigência cada vez mais presente no dia a dia das organizações. “Mas para que elas gerem o efeito esperado é preciso que as lideranças invistam em tecnologias que ajudem a medir esses resultados. E a nuvem, aliada a soluções de IA, Machine Learning e Analytics, é a tecnologia capaz de habilitar e dar escalabilidade a essa mensuração”, analisa.

As informações atuais reforçam outra pesquisa feita pelo Google, no ano passado, sobre o nível de prioridade da sustentabilidade nas grandes empresas. A pesquisa do Google Cloud junto ao IDG revelou que 93% dos tomadores de decisão na América Latina colocam o assunto como uma das prioridades em suas companhias.

As informações foram divulgadas pelo Google na segunda-feira (3), em evento exclusivo para a imprensa e convidados. Nesta terça-feira (4), a Gigante das Buscas apresentou um conjunto de ações de sustentabilidade voltadas para a Amazônia, como inteligências artificiais, monitoramento via satélite e uso da tecnologia para combater problemas ambientais.