Spotify registra pedido de abertura de capital mirando na bolsa de valores de NY

Por Ramon de Souza | 28 de Fevereiro de 2018 às 19h05

O Spotify, mais bem-sucedido serviço de streaming de músicas da internet, registrou seu pedido para entrar na New York Stock Exchange, a bolsa de valores de Nova Iorque, tornando-se assim uma empresa de capital aberto. Para sua oferta pública inicial (Initial Public Offering, ou IPO), a companhia será avaliada no valor de US$ 1 bilhão e terá suas ações comercializadas sob a sigla SPOT.

Contudo, diferente do que geralmente acontece, o evento de abertura (conhecido como listagem direta) será constituído de acionistas pré-existentes vendendo papéis para investidores públicos. Isso deve ocorrer em março ou abril, mas não se sabe ainda quanto custarão as ações. Tudo o que sabemos é que o preço privado das ações do Spotify costuma variar entre US$ 90 e US$ 130.

O pedido de registro também revela alguns resultados financeiros interessantes da empresa. No último ano, o Spotify registrou uma receita de 4,09 bilhões de euros — para fins comparativos, em 2016, a companhia havia lucrado “só” 2,95 bilhões. Atualmente, a plataforma está presente em 61 países e possui 159 milhões de usuários ativos por mês, além de 71 milhões de assinantes pagos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: United States Securities and Exchange Commission, The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.