Fitbit compra nova startup de relógios inteligentes

Por Redação | 10.01.2017 às 13:10
photo_camera Fitbit

A fabricante de relógios e pulseiras inteligentes Fitibit já começou seu ano de 2017 indo às compras: a empresa anunciou nesta terça-feira (10) a aquisição da startup romena Vector, uma "semi-concorrente" do setor de smartwatches. O valor da aquisição não foi revelado.

Formada em 2015 e lançada oficialmente em março passado, a Vector foi fundada por ex-executivos da Citizen que viram a oportunidade de ocupar um espaço não explorado no mercado "acessível de luxo" com novos smartwatches.

A aquisição da Vector pela Fitbit, no entanto, pode não ter nenhuma relação com os produtos da startup. De acordo com Andrei Pitis, CTO e co-fundador da companha, o interesse da compradora em sua empresa se deu, principalmente, pela plataforma de software e APIs desenvolvidas pela Vector e pelo time de design da companhia. A expectativa é que os produtos da startup também sejam descontinuados.

Com um único relógio inteligente no portfolio, o Fitbit Blaze, a aquisição da Vector pode trazer mais força à Fitbit no setor de smartwatches para a expansão de suas ofertas, ao invés de permanecer apenas focada em suas já conhecidas pulseiras inteligentes fitness.

Em novembro do ano passado, a Fitbit já havia anunciado a aquisição da queridinha Pebble, que passava então por sérios problemas financeiros, apesar de sua popularidade. O time de engenheiros da Pebble foi o principal ativo absorvido pela Fitbit após a aquisição, em um processo que ajudou a companhia a se consolidar com um player de peso no setor.

Via: TechCrunch