Elon Musk assume que não foi inteligente ter fumado maconha em programa ao vivo

Elon Musk assume que não foi inteligente ter fumado maconha em programa ao vivo

Por Natalie Rosa | 20 de Novembro de 2019 às 17h01
PowerfulJRE

Em setembro do ano passado, Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX, fumou maconha em um podcast ao vivo, com as imagens indo também para o YouTube, gerando uma enorme repercussão.

Na época, os negócios da companhia ficaram comprometidos, mesmo que o uso da droga seja permitido no estado da Califórnia também para o uso recreacional.

Mais de um ano depois, a situação constrangedora enfrentada por Musk ainda gera desconforto dentro da empresa. Em email enviado para seus funcionários, o executivo se responsabiliza não só pelo fato de ter fumado maconha na frente de câmeras, como também por tê-lo feito "sem habilidade".

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Caption

Ainda de acordo com o email, que foi obtido pelo Washington Post, Musk também aproveitou para deixar claro que a droga não é bem-vinda em ambiente de trabalho, mesmo que haja a legalização. "A SpaceX continua sendo um lugar livre de drogas", disse o empresário.

"Os funcionários da SpaceX não podem possuir ou usar qualquer substância controlada enquanto estiverem em ambiente de trabalho, e também não podem estar sob a influência legal ou ilegal de drogas durante a função. Qualquer um que parecer estar embriagado ou sob a influência de drogas na empresa será submetido a um teste e, potencialmente, a outras ações empregatícias", disse a mensagem.

Em maio desde ano, a NASA fez um investimento de US$ 5 milhões para um novo treinamento na SpaceX, educando os funcionários em relação às regras do governo do país. Além da empresa de Musk, outras companhias, como a Boeing, estão passando pelo mesmo processo, graças às peripécias do bilionário.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.