Doodle do Google homenageia criador da Insulina

Por Redação | 14.11.2016 às 15:52
photo_camera Reprodução

Todo mundo sabe que frequentemente o Google muda a imagem base de sua página de buscas - o famoso Doodle. Nesta segunda-feira, a referência é em homenagem ao 125º aniversário de Sir Frederick Banting, médico canadense que descobriu, ao lado de Charles Best, a insulina como tratamento para a diabetes.

Em 1922, depois de anos tentando isolar o hormônio, Banting e Best conseguiram tratar um jovem diabético com a substância, possibilitando o tratamento para uma doença que afeta milhões ao redor do mundo.

Banting é, até hoje, o mais jovem Nobel de Medicina – ele tinha apenas 32 anos quando levou o prêmio, em 1923, pela descoberta da insulina. O doodle nao aparece no google.com.br, mas está sendo exibido em boa parte do globo, incluindo EUA, Canadá, Rússia e diversos países sul-americanos.

Avanços contra a Diabetes

Desde a descoberta de Banting, diversas inovações surgem a cada ano no combate contra a doença. Este ano, cientistas sul-coreanos criaram um bracelete de grafeno que é capaz de monitorar os níveis de glicose e pH do sangue, sem picadas. Assim, os diabéticos ganham uma maneira mais conveniente de monitorarem o status da doença no corpo.

Também em 2016, pesquisadores do Hospital Universitário de Montpellier, na França, criaram um pâncreas artificial que consiste em uma bomba de insulina que é controlada por um aplicativo de smartphone.

Além do pâncreas artificial, um sensor é implantado no paciente para medir o nível de glicose no sangue. A nova tecnologia pode ajudar no controle do diabetes, doença metabólica em que o pâncreas não produz insulina suficiente, que desempenha um papel fundamental para ajudar a glicose entrar nas células do corpo.

Fonte: Google