Avast anuncia compra da AVG por US$ 1,3 bilhão

Por Redação | 07.07.2016 às 09:15

A Avast Software e a AVG Technologies anunciaram nesta quinta-feira (07) que entraram em um processo de compra em que a Avast vai pagar US$ 25 por cada ação ordinária da AVG em dinheiro vivo, resultando em um total de aproximadamente US$ 1,3 bilhão. As duas companhias são pioneiras no ramo de segurança digital e surgiram na República Checa entre o final dos anos 80 e início dos anos 90, expandindo sua atuação internacionalmente nos anos 2000. Agora juntas, as companhias trabalharão para fortalecer a Avast e permitir seu crescimento no mercado de segurança.

Com a aquisição, o objetivo da Avast é ganhar escala, investir em novas tecnologias e ampliar sua área geográfica de atuação, de modo que a nova organização possa tirar proveito de mercados emergentes com infraestrutura e eficiência organizacional ainda em crescimento. O aperfeiçoamento tecnológico e a ampliação de mercado vão permitir que a corporação atenda clientes com ofertas mais avançadas na área de segurança e atue em setores emergentes de TI, como a Internet das Coisas (IoT), que vem crescendo em todo o mundo.

A união das duas empresas criará uma rede de nada menos do que 400 milhões de usuários, dentre os quais 160 milhões são clientes mobile, que atuam como fornecedores de dados em tempo real, informando sobre ataques de malware e ajudando a empresa a neutralizá-los assim que surgem. Esse aumento da base dados permitirá, ainda, que a Avast desenvolva tecnologias mais avançadas para dispositivos pessoais ao mesmo tempo em que assegura a privacidade dos seus clientes.

Malware

A transação foi aprovada pelos conselhos fiscais e de administração de ambas as companhias. Vince Steckler, principal executivo da Avast, disse que a aquisição vai dar fôlego e capacidade tecnológica para a empresa ser a fornecedora de soluções de segurança para seus atuais e futuros clientes, e que, combinando a força das duas entidades, com missões e culturas semelhantes, será possível aproveitar melhor as novas oportunidades do mercado, como cuidar da segurança dos novos dispositivos vestíveis e eletrodomésticos ligados à internet.

Igualmente, Gary Kovacs, executivo da AVG, acredita que a união com uma empresa do porte da Avast dará suporte ao crescimento da sua empresa e representa os interesses dos seus acionistas. Além disso, permitirá acelerar seus investimentos em novos mercados e continuar suas atividades com foco na usabilidade e simplicidade de seus produtos para o mercado consumidor doméstico e empresarial.

Via: Prnewswire