As 5 linguagens de programação ideais para conseguir emprego em metaversos

As 5 linguagens de programação ideais para conseguir emprego em metaversos

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 07 de Junho de 2022 às 18h20
Envato/twenty20photos

O Metaverso, em 2022, é algo bem mais tangível e com muito mais opções e ferramentas disponíveis do que anos atrás, se tornando uma das principais tendências tecnológicas do momento. Com isso, desenvolvedores começam a procurar vagas de emprego relacionadas ao tópico, com expectativas que as oportunidades os deem boas colocações no mercado.

Para essa procura ocorrer com mais chances de efetivação, porém, é necessário que os desenvolvedores saibam quais linguagem de programação estão sendo mais utilizadas para a criação de ambientes do Metaverso. Sabendo desse contexto, o site Metaverse Jobs separou os códigos mais utilizados nesse mercado, servindo como um norte que profissionais podem seguir para se destacar no setor — com muitas dicas, inclusive, envolvendo relação com a área de criação de games. Confira:

C#

O C# foi criado em 2000 e é parte importante da engine (motor gráfico) Unity, lançada em 2005 e sendo uma das principais ferramentas utilizadas para o desenvolvimento de aplicações de realidade virtual — um dos pilares do metaverso. Contando atualmente com mais de 75 mil desenvolvedores ativos, empresas que mexem com Unity procuram especialistas em C# que possam utilizar todo o potencial da solução de arquitetura de ambientes digitais.

C++

A maioria das oportunidades de emprego no metaverso pedem que os candidatos tenham experiência com a Unreal Engine, desenvolvida pela Epic e um dos motores gráficos tanto para jogos quanto aplicações virtuais mais populares do mundo. O código da Unreal usa como linguagem de programação o C++, o que faz com que vagas que procurem especialistas na engine olhem com bons olhos para quem dominar a sintaxe e ferramentas da linguagem veterana.

Python

Desenvolvedores focados em criar interfaces de realidade virtual estão bem servidos com o Python, já que com sua extensiva quantidade de ferramentas, módulos e bibliotecas, tanto oficiais quanto feitos por terceiros, permite acesso a uma enorme variedade de opções de programação — com o código tendo destaque em aplicações industriais tanto para realidade virtual como aumentada.

JavaScript

O JavaScript também é visado por empresas que estão desenvolvendo sistemas para o metaverso. (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Associada normalmente com desenvolvimento web, o JavaScript também tem espaço no desenvolvimento de tecnologias para o metaverso, em especial aqueles que podem ser programados de forma que possam ser executados em navegadores comuns. Além disso, a partir de SDKs (Software Development Kit) variadas, a linguagem também pode ser utilizada para criação de soluções de blockchain, outro importante tópico do metaverso.

Solidity

A Solidity foi criada pelo Ethereum para o desenvolvimento de contratos inteligentes. (Imagem: Reprodução/Solidity)

A Solidity é uma linguagem de programação orientada a objeto desenvolvida pela Ethereum, uma das mais conhecidas blockchains do setor de criptomoedas. Programadores que souberem utilizá-la poderão conseguir vagas no setor de criação de contratos inteligentes em diversos metaversos — protocolos que ditam as transações nesses ambientes.

Fonte: Metaverse Jobs, Solidity

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.