Apple Watch: entrada secreta pode revelar nova forma de carregamento

Por Redação | 05.05.2015 às 09:27 - atualizado em 05.05.2015 às 12:51

Pouco mais de uma semana depois do lançamento do Apple Watch, o relógio inteligente ainda dá muito o que falar. Desta vez, alguém encontrou uma pequena entrada no aparelho que jamais foi mencionada pela Apple em seu site oficial ou mesmo no manual do dispositivo, o que fez com que muita gente começasse a especular o que aquilo poderia significar.

Trata-se de uma pequena porta na parte inferior do relógio, que, quando aberta, revela uma entrada com encaixe de seis pinos. É claro que isso foi o suficiente para que surgissem rumores sobre um novo tipo de carregamento do gadget.

A descoberta foi feita pelo site Reserve Strap, cujos engenheiros confirmaram que a entrada secreta pode ser usada como uma forma alternativa de carregar o Apple Watch. Assim, se isso for mesmo real, o relógio terá uma segunda forma de recuperar a carga da bateria que seria supostamente mais rápida do que via indução.

Além disso, a página afirma que o meio tradicional de carregamento — ou seja, via cabos ou coisa parecida — traria muito mais benefícios ao usuário do que o modelo adotado atualmente pela empresa de Cupertino. Segundo ela, além de muito mais eficiente, isso ainda iria aumentar a durabilidade do aparelho e eliminar algumas interferências em algumas de suas funções.

Apple Watch

O ponto é que, além da Apple não ter comentado nada sobre o assunto, a tal porta que protege o conector de seis pinos não é fácil de ser aberta e a empresa ainda não ofereceu ferramentas para isso. Dessa forma, há quem acredite que a entrada misteriosa seja algo de uso exclusivo e interno da própria fabricante e que foi encontrada pelos usuários por acaso.

Além disso, o fato de terem encontrado essa porta de carregamento secundária não significa muita coisa. Por mais que alguém consiga criar um carregador clássico para o Apple Watch, a companhia pode simplesmente desativar a entrada a partir de uma atualização do Watch OS — principalmente se for para impedir que alguém crie acessórios para algo que nem ela quer usar.

Guia oficial

Paralelo a tudo isso, a Apple liberou em seu site oficial uma espécie de guia para ajudar desenvolvedores a criarem acessórios para o Apple Watch. Trata-se de um arquivo de 12 páginas que traz todas as especificações de design do aparelho, incluindo desde as dimensões de cada modelo até as recomendações para o que pode ou não ser utilizado.

Além de revelar todos os detalhes do smartwatch, o material mostra um pouco das exigências da empresa. Segundo ela, os fabricantes de acessórios não devem limitar qualquer funcionalidade do relógio, como o sensor de batimentos cardíacos ou que dificultem o uso do NFC. Pulseiras com carga magnética também são proibidas.

De resto, o documento apenas traz detalhes técnicos que podem ajudar os curiosos de plantão a conhecer melhor o relógio inteligente enquanto ele não chega por aqui.

Via: Reserve Strap, The Verge, Apple (PDF)