Sony diz que, depois de cortes de custos, prejuízo será menor que o esperado

Por Redação | 05 de Fevereiro de 2015 às 10h55

A Sony anunciou nesta quarta-feira (04) que o seu prejuízo líquido anual deverá ser menor do que o estimado depois dos cortes de custos e o aumento das vendas de sensores de imagem e consoles. As informações são da Reuters.

A fabricante japonesa ainda afirmou que os resultados preliminares mostraram um crescimento no lucro operacional, que dobrou para 178,3 bilhões de ienes (aproximadamente 1,52 bilhão de dólares) no último trimestre do ano passado, enquanto as vendas cresceram 6%, totalizando 2,56 trilhões de ienes. Este número ficou muito acima do lucro operacional registrado de 96,6 bilhões de ienes, sobre as vendas de 2,38 trilhões.

A companhia também projetou um prejuízo líquido de 170 bilhões de ienes para 2014, sendo um número melhor do que a projeção feita anteriormente em outubro, quando analistas apontavam que o número negativo seria de 230 bilhões.

O anúncio oficial dos resultados do terceiro trimestre foi adiado depois que os estúdios da Sony Pictures começaram a ser atacados por hackers no fim do ano passado. A empresa está passando por uma reestruturação e, de acordo com o seu presidente executivo, Kazuo Hirai, uma nova estratégia de negócios será anunciada no dia 18 de fevereiro.

Para compensar a fraqueza nas vendas de smartphones, a Sony está se apoiando no desenvolvimento de jogos e componentes eletrônicos. Os seus sensores de imagem, por exemplo, são bastante usados em câmeras de aparelhos celulares, sendo uma das linhas de produto com melhor desempenho da companhia nos últimos meses.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.