Para evitar processo, Microsoft rebatiza SkyDrive e passa a chamá-lo de OneDrive

Por Redação | 27 de Janeiro de 2014 às 19h01

A Microsoft decidiu rebatizar seu serviço de armazenamento na nuvem, o SkyDrive, para OneDrive. A decisão, que foi tomada após a companhia enfrentar um processo por violação de marca, foi anunciada nesta segunda-feira (27) e o serviço deverá ter seu nome alterado nos próximos dias.

Em um comunicado oficial publicado no blog do novo serviço, Ryan Gavin, gerente da empresa, garantiu que o serviço "continuará funcionando como sempre funcionou e que todos os dados armazenados continuarão disponíveis lá no OneDrive e OneDrive for Business". O executivo ainda aproveitou a oportunidade para desabafar e dizer que a mudança de nome "não foi fácil".

A mudança de nome ocorre após um acordo firmado entre a Microsoft e a British Sky Broadcasting Group há seis meses em que a companhia de Redmond se comprometeu a mudar o nome do serviço a fim de evitar um processo judicial por quebra de marca. Com a nova marca, a companhia passa a vender o serviço da mesma forma que fez com o Xbox One e afirma que agora o OneDrive é o "único" lugar para armazenar seus documentos, fotos e conteúdo.

Não é a primeira vez que a companhia altera o nome de algum produto do seu portfólio para evitar processos judiciais. A interface "Metro" do Windows 8 foi o último exemplo desse tipo de situação. Conhecida até hoje pelo público por esse nome, ela passou a ser chamada, oficialmente, de Modern UI para evitar um processo da empresa alemã Metro AG.

Agora fica a torcida para que a americana KLD Technologies não ameace um processo contra a companhia alegando que ela está utilizando sua marca de motores de alta eficiência.

Leia também: Qual é o melhor serviço de armazenamento na nuvem?

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!