Panasonic decide por aumentar salário-base de funcionários no Japão

Por Redação | 20 de Março de 2015 às 09h27

A Panasonic anunciou que vai aumentar o salário-base dos seus funcionários no Japão em ¥ 3.000 mensais, o equivalente a cerca de R$ 81 mensais. No ano passado esse aumento foi de ¥ 2.000 (cerca de R$ 54). A notícia surge após uma sequência de negociações salariais realizada com o sindicato da fabricante de produtos eletrônicos.

Outras empresas japonesas também devem anunciar os resultados de suas negociações salariais anuais em breve. Salários mais altos são considerados chave para a sustentação do crescimento e acabar com a deflação da terceira maior economia do mundo.

O governo do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, vem insistindo para que as empresas do país façam a sua parte e elevem os salários de seus funcionários, uma vez que elas estão atingindo altos índices de lucro. A realidade é que os salários ajustados pela inflação caíram 2,5% em 2014, com as famílias sendo afetadas pelas mudanças nos preços de consumo e o aumento na taxa nacional de impostos de vendas.

Outras informações divulgadas nesta terça-feira (17) indicam que o Banco Central do Japão decidiu manter sua política monetária ultra flexível destinada a alcançar uma inflação de cerca de 2% para este ano. O BC alegou que vai continuar com seu plano o tempo que for necessário até alcançar seus objetivos. Em outubro do ano passado, ele expandiu o estímulo para evitar que a queda dos preços do petróleo e uma subsequente desaceleração da inflação adiem o fim sustentado da deflação.

Fontes: Reuters e EFE

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.