IBM registra patente de data centers com menor impacto ambiental

Por Redação | 13.11.2013 às 14:33

A IBM registrou um mecanismo que possibilita o desenvolvimento de data centers mais verdes. De acordo com o site Cio Today, a nova criação da empresa é capaz de redistribuir o fluxo de trabalho realizado nesses espaços de forma dinâmica, especificando o envio de dados para máquinas que estiverem, naquele momento, utilizando menos potência ou trabalhando abaixo da sua capacidade. De acordo com Keith Walker, um dos inventores do projeto, a IBM concebeu um sistema que gerencia o serviço de armazenamento na nuvem de maneira mais eficiente e, consequentemente, diminui o impacto ambiental desse processo.

Com o barateamento desse serviço cada vez mais pessoas, empresas e governos têm adotado esse processo de armazenamento em nuvem. Isso acarreta na necessidade de data centers maiores, detalhe que aumenta exponencialmente o consumo de energia tanto para manter os computadores rodando quanto para manter o ambiente resfriado.

Os provedores de serviços de cloud seguem um modelo bem parecido, em que servidores são disponibilizados e integrados de uma forma que já se tornou padrão no mercado. Esse novo conceito de gestão do sistema de armazenamento na nuvem desenvolvido pela IBM tem como uma de suas diretrizes a concepção de espaços ideais para comportar cada tipo de atividade – pensamento que aborda a complexidade de cada projeto e define ambientes ideais para a realização das tarefas.

Ainda não há previsão de quando essa nova ideia será implementada nos data centers.