Conheça a Vertu: a fabricante do mais caro e luxuoso smartphone do mundo

Por Redação | 05 de Dezembro de 2013 às 16h07

A Vertu é uma empresa que produz aparelhos de luxo e nasceu no fim dos anos 90 dentro da Nokia, empregando designers desta fabricante. Ela cresceu tanto que se tornou uma divisão separada, até que ficou completamente independente quando a Microsoft comprou a divisão de dispositivos da finlandesa recentemente.

O objetivo da Vertu é conceber equipamentos usando os mais caros e melhores componentes e minerais nobres como ouro e diamantes, sem falar nos processos de fabricação. Aqui não existem limites de orçamento e há toda a liberdade para experimentar, resultando em aparelhos do mais alto luxo que custam no mínimo cinco dígitos, independente da moeda.

Mesmo depois de se separar completamente da Nokia, a cultura da empresa não mudou. Tudo acontece sob um mesmo teto, onde designers, engenheiros e operários desenham e produzem os aparelhos na única fábrica da Vertu, localizada em Londres.

O estilo dos dispositivos também se mantém inalterado. Hutch Hutchinson, gerente de design da Vertu, disse ao The Verge que "se você quer se destacar, é para isso que eles foram construídos", enquanto apontava para um telefone de US$ 15.000.

De fato, eles são itens de luxúria, ainda que rodem o sistema Nokia Series 40, o que indica que o importante aqui não é usar a tecnologia mais recente e sim o status, já que possuir um aparelho da Vertu indica boa saúde financeira. Ainda assim, no ano que vem poderemos ver os primeiros telefones desta empresa rodando Android.

Esses futuros dispositivos terão acesso à Google Play Store e outros recursos presentes nos smartphones recentes. Porém, não é o objetivo da Vertu entrar na corrida por especificações nem por versões mais recentes de sistemas operacionais.

Apesar disso, ela reconhece que precisa se manter a par dos fundamentos básicos dos aparelhos vendidos hoje em dia. A empresa dispõe de telefones voltados tanto para mulheres quanto para homens e planeja lançar modelos voltados também para o consumidor mais jovem.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.