Buscapé perde processo judicial contra o Google

Por Redação | 11 de Setembro de 2012 às 18h10

A decisão do tribunal no caso Buscapé/Google Shopping foi favorável para a gigante de Moutain View. O texto que relata a decisão judicial diz que o Google não é um monopólio no setor. Segundo informações do site Search Engine Land - que teve acesso ao documento em inglês - o caso foi arquivado e o Buscapé terá que pagar R$30.000 ao Google pelos custos do processo.

A decisão diz que existem diversas outras empresas que oferecem o serviço de comparação de preços online, e quem decide qual prefere usar é o internauta. "A liderança do Google no segmento de buscas no Brasil não pode ser confundido com um monopólio", diz o texto.

Além disso, também se destaca o fato do Google não ser especificamente um site de comparação de preços, como o Buscapé - esta é apenas uma "opção de busca temática" que faz parte do mecanismo. Quanto a prática desleal, outra alegação do Buscapé, ficou definido que Google utiliza uma forma de trazer resultados mais relevantes para o usuário.

O caso

Quando o serviço Google Shopping aterrissou no Brasil no final de 2011, o Buscapé não ficou nada feliz. A ferramenta integra o mecanismo de buscas da gigante da tecnologia com a comparação de preços entre lojas online. Alegando prática desleal, o Buscapé entrou na justiça para processar a empresa de Mountain View.

No processo, que está rolando na 18ª Vara Cível de São Paulo, o Buscapé acusa o Google de priorizar seu serviço de forma artificial nos resultados de busca. O problema todo se deve porque o Google domina 95% do tráfego em sites de busca no Brasil.

As imagens que aparecem no Shopping também incomodam o concorrente, que diz que apenas os resultados da empresa de tecnologia possuem as imagens do Google - que chamam mais a atenção do usuário. O Google alega não ter obrigação de destacar resultados de terceiros, seja com imagens ou posicionamento.

Google versus Buscapé
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.