Publicidade

10 jogos mais bizarros do Steam

Por| Editado por Durval Ramos | 06 de Fevereiro de 2024 às 13h28

Link copiado!

Reprodução/Sketchy Logic, Bossa Studios, Maggese
Reprodução/Sketchy Logic, Bossa Studios, Maggese

O Steam é certamente o maior serviço de jogos para PC, com mais de 50 mil títulos disponíveis para comprar e jogar no seu computador. Só que entre todos os grandes games que você pode curtir, existem aqueles que são um pouco "fora da curva", com temas e estilos absurdamente bizarros.

Esses jogos não são particularmente ruins, alguns conseguem ser bastante divertidos dentro do que se propõem, mas é inegável que ao tentar descrevê-los, qualquer pessoa deve ficar alguns minutos tentando compreender a completa loucura que eles são.

10. Watching Grass Grow VR - The Game

Continua após a publicidade

Com a tecnologia de realidade virtual evoluindo cada vez mais para entregar bons games, algumas desenvolvedoras resolvem realmente pensar “fora da caixa” e inventar moda para fazer com que a sua experiência seja, no mínimo, diferenciada.

Uma prova disso é o lançamento de Watching Grass Grow VR - The Game, um jogo em que você observa a grama crescer. Parece brincadeira (e não deixa de ser), mas boa parte do game é realmente ver um tufo de grama crescer. Quando inimigos começam a aparecer para destruir o seu pequeno pedaço de natureza, você pode usar lança-chamas e lança-foguetes para se proteger porque a sutileza não é o seu forte no jogo.

9. Old School

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Até hoje, Bully, o jogo da Rockstar Games em que você é um delinquente juvenil em um internato, é considerado um dos melhores títulos da empresa, com milhares de pessoas pedindo por uma sequência. Essas pessoas podem se divertir muito (ou repensar seus gostos) com Old School.

O jogo permite que você crie um estudante que precisará competir com outros alunos todos os dias em uma escola em que apenas estudar não é suficiente. Você pode participar de testes, criar laços com outros personagens, e obviamente, sair na porrada nos corredores da escola porque aparentemente é isso o que todo mundo quer ver em um game que se passa em um ambiente estudantil.

8. Aviary Attorney

Continua após a publicidade

Sabe o que é melhor que um advogado? Um advogado pombo. Eu sei que isso não faz sentido algum e parece uma piada que apenas quem conta acha engraçado, eu particularmente dei gostosas risadas, mas é mais ou menos essa a ideia por trás de Aviary Attorney.

O jogo se passa em 1848, em uma Paris em que as prisões estão superlotadas de pessoas culpadas e inocentes. Só que existe alguém que pode resolver isso: Monsieur Jayjay Falcon, um falcão advogado. Ao lado de seu ajudante, um pardal, ele entrevista seus clientes, vai atrás de provas e tenta levar os culpados à justiça. É basicamente um Ace Attrorney: Phoenix Wright, mas com pássaros muito bem desenhados, em um game que parece muito mais divertido do que bizarro. 

 7. Hatoful Boyfriend

Continua após a publicidade

Caso você não goste de pássaros advogados, talvez prefira, e é muito esquisito falar isso, manter um relacionamento com eles. É essa a ideia por trás de Hatoful Boyfriend, um simulador de relacionamentos em que você é aceito em uma prestigiosa escola para “pássaros talentosos”. Inicialmente, é possível ver uma versão humana dos personagens que você encontra, mas logo você enxerga a verdadeira forma deles: pombos.

É impossível não dar risada com o jogo, que é feito todo com uma seriedade que chega a emocionar até mesmo os jogadores com coração de pedra. No game, você participa de provas para melhorar o seu desempenho escolar, enquanto conhece mais os seus possíveis pretendentes e desenvolve uma história com eles.

É incrível, é bizarro, é Hatoful Boyfriend.

Continua após a publicidade

6. Don’t Make Love

Continuando no clima de amor e “o que estou fazendo com a minha vida?”, Don’t Make Love é um jogo em que você assume o controle de um louva-deus vivendo um dilema. Um casal se ama muito, mas sentem vontade de consumar esse amor de maneira mais íntima. O problema é que isso levará o macho à morte. 

Uma decisão precisa ser tomada e você, usando palavras digitadas no seu teclado, precisa encontrar um equilíbrio em uma situação que não existe uma saída satisfatória para todos. Don’t Make Love é um jogo bizarro pela temática que utiliza, mas é impossível dizer que ele não é criativo e bastante interessante, usando ilustrações e uma trilha sonora que vai se adaptando ao humor do seu parceiro louva-deus.

Continua após a publicidade

5. Dinner Date

Todos que se aventuram na tortuosa estrada do amor e relacionamentos eventualmente serão deixados na saudade, recebendo o famigerado “toco” de alguém. Não importa o quão popular a pessoa seja, a rejeição chega, nem que seja uma única vez.

Continua após a publicidade

Criando esse clima delicioso, vamos falar sobre Dinner Date, um simulador de “fui deixado sozinho no restaurante”. Julian Luxemburg preparou um jantar para dois em sua casa, mas as coisas deram errado e a pessoa convidada simplesmente não apareceu.

Conforme o tempo passa e a solidão toma conta, você assume o papel do subconsciente de Julian, questionando coisas sobre o trabalho, amigos e a própria garota que deu o bolo nele, enquanto come sozinho. É triste, mas muito mais interessante do que aparenta ser.

4. I am Bread

Continua após a publicidade

Hoje em dia, é difícil encontrar uma atividade mundana que não tenha virado um simulador de alguma coisa para computador ou videogames. Depois dos simuladores de fazendeiro, caminhoneiro, motorista de ônibus, simuladores esquisitos começaram a aparecer, como é o caso de I am Bread.

Como o próprio nome sugere, você controla uma fatia de pão, se movimentando de um jeito completamente desengonçado por um grande cenário, tentando alcançar seu lugar em uma torradeira. 

3. Granny Simulator

Continua após a publicidade

Continuando no embalo dos simuladores de tudo, Granny Simulator é um simulador de vovó. No jogo, você pode controlar dois personagens: uma senhora de idade e o seu netinho. O objetivo da avó é realizar tarefas diárias sem cair e, possivelmente, quebrar o quadril. No papel do neto, você deve encontrar tudo pelo seu caminho e arremessar na senhora, usando brutalidade para simplesmente bagunçar o dia da pobre idosa.

Parece um jogo absurdo, em que o caos toma conta de todo o gameplay, mas existem objetivos dos dois lados do gameplay, que pedem que tanto a avó quanto o seu neto explorem todo o cenário para conseguir chegar ao final do dia inteiros.

2. Chupa Chupa VR

Continua após a publicidade

Existem alguns jogos que parecem ser uma brincadeira e que não existem de verdade. A descrição de Chupa Chupa VR quase me faz acreditar que foi tudo um grande truque para fazer alguém abrir o executável e receber uma mensagem de “Olha bem o que você tá fazendo”.

A descrição do jogo é a seguinte: Chupa Chupa VR é um clássico jogo de lambida furtiva, em que você lambe gravadores, bebidas e outras coisas em uma sala de aula, enquanto tenta não ser pego pelas garotas.

Sério, gente.

1. Genital Jousting

Genital Jousting é um jogo no mínimo único no Steam. Lançado pela Devolver Digital, o jogo traz partidas multiplayer online ou local e um modo história sobre John, um personagem que procura um par para levar na reunião de segundo grau. 

Parece que não tem nada estranho com o jogo, até você ver que controla um pênis. Apenas um pênis dotado também de testículos e cavidade anal. Seu objetivo é encaixar uns nos outros, acumulando pontos. É obviamente um jogo bastante bizarro, mas também hilariante, já que as situações caóticas e com alto conteúdo sexual podem gerar gargalhadas entre amigos online. 

Realmente tem jogo de tudo no Steam.